Início » Cuidados » Primeiros socorros para queimaduras em cães: saiba o que fazer

Primeiros socorros para queimaduras em cães: saiba o que fazer

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Primeiros socorros queimaduras em cachorro

As queimaduras em cães são muito mais comuns do que se pode imaginar, e existem diversos fatores de risco para que acidentes ocorram dentro e fora de casa. Desde equipamento elétricos até produtos químicos, há diferentes tipos de danos e gravidades para o problema.

Em casos de queimaduras mais leves, o tratamento pode ser feito em casa, utilizando-se de procedimentos básicos de primeiros socorros para queimaduras em cães. Em casos mais graves, no entanto, os primeiros socorros mais eficientes costumam ser a ida imediata à clínica veterinária para tratar os danos e evitar traumas ainda maiores.

Queimaduras de primeiro grau geralmente não são visíveis na pele, mas o cão demonstra sinais de dores e sensibilidade no local afetado. Queimaduras de segundo e terceiro grau, muito mais sérias, são visíveis, e exigem tratamento profissional.

Causas principais de queimaduras em cães

Geralmente, as causas primárias dos acidentes são divididas em três categorias: queimaduras químicas, por eletricidade ou pelo calor de líquidos e objetos. Cada causa é tratada de uma forma diferente – por isso, é essencial saber sua origem.

Primeiros socorros para queimaduras em cães

A regra primária para tratar queimaduras em cães imediatamente é: não utilize soluções caseiras. Nada de óleos, margarina, manteiga ou cremes que alguém falou ser útil. Você deve tratar apenas as queimaduras de primeiro grau e solicitar ajuda profissional imediatamente, nos casos mais graves.

Para estas queimaduras mais simples, os primeiros socorros para queimaduras em cães são:

Queimaduras por líquidos e objetos quentes

Retire o cão de áreas de risco e resfrie a parte queimada o quanto antes com água corrente. Quanto amis cedo você conseguir resfriar a área danificada, menos danos ocorrerão na pele.

Após alguns minutos de resfriamento, uma compressa gelada pode ser aplicada durante cerca de vinte minutos (utilizando-se do clássico saco de gelo embalado com um pano, por exemplo). Em seguida, cubra a área afetada com bandagem não grudenta – evite esparadrapos. Com os primeiros socorros realizados, ligue para a clínica veterinária para receber mais instruções.

Queimaduras químicas

No caso de queimaduras em cães causadas por produtos químicos, é necessário cuidado especial, pois resíduos do produto na pele do cão podem gerar queimaduras em você. Utilize luvas de borracha e retire coleiras e eventuais acessórios que o cão esteja utilizando e possam estar contaminados.

Utilize água corrente no local afetado por cerca de vinte minutos. Tente concentrar a água apenas no local afetado, para evitar que resíduos do produto espalhem-se por ainda mais locais. Shampoos e detergentes neutros podem ser aplicados em seguida, para limpar a pele.

Se a queimadura for na boca do cão, deite-o de lado e coloque água fresca na boca do cão, com cuidado para que ele não se afogue. Contate uma clínica veterinária assim que possível, e tende identificar qual o produto químico responsável pela queimadura, para saber se algum outro procedimento especial é necessário.

Queimaduras elétricas

Em geral, os primeiros socorros para queimaduras em cães que tenham sofrido danos elétricos são idênticos aos procedimentos realizados em cães que queimaram-se com líquidos ou objetos quentes. No entanto, é essencial o cuidado adicional de certificar-se que cabos ou fontes da energia responsáveis pela queimadura já estejam desligados ou desconectados.

Queimaduras mais graves

Os primeiros socorros para queimaduras em cães que sejam de segundo ou terceiro graus devem incluir o cobrimento do local afetado com bandagem limpa e não grudenta. Tenha cuidado para que a cobertura não toque a carne, se ela estiver exposta.

Leve o cão imediatamente para os cuidados veterinários e evite soluções caseiras para o problema. Quanto mais grave for o dano, menos você deve intervir em relação a primeiros socorros, pois a situação é mais delicada, e erros podem potencializar os danos da queimadura.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas