Você está aqui: Início » Curiosidades » O que fazer quando o cachorro morre?

O que fazer quando o cachorro morre?

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sobre o que fazer quando o cachorro morre, essa é talvez uma das questões e situações mais difíceis, principalmente para aqueles que eram mais apegados ao cachorro, pois ele é sempre como se fosse membro da família e quando se vão, muitas pessoas não sabem o que fazer.

Infelizmente, a expectativa de vida de um cachorro, mesmo quando ele é muito bem tratado, é sempre curta em relação ao tempo em que o dono irá viver e, por isso, é muito frequente que o dono do cachorro tenha que lidar com a morte do cachorro ao longo da vida.

Com isso, é normal que muitos acabam pensando se devem adquirir um novo cachorro ou esperar, onde é praticamente quase instantânea a vontade de logo procurar um novo cão, porém, é necessário saber se esse é um tipo de comportamento mais sensato nesse momento de luto.

Saiba mais o que fazer quando o cachorro morre

Um dos primeiros pontos que se deve levar em conta sobre o que fazer quando o cachorro morre, é o fato de que esse é um acontecimento normal, seguindo a ordem e o caminho da natureza, onde é preciso que a pessoa transforme o que está sentido em aprendizado para conviver com outras perdas futuramente.

Dessa forma, para que você saiba sobre como lidar com esse tipo de situação, é interessante que tenha conhecimento sobre todo o sentimento envolvido com a morte do seu cachorro, ou então, mesmo se for somente para ajudar quem está passando por isso, além de saber como proceder com o corpo do animal.

É preciso viver o luto

É muito comum que a vivência do luto do cachorro seja bastante parecida com a de um ente da família, porém, você já deve saber que eles vivem bem menos que os seres humanos.

No entanto, é importante que você viva o momento de luto até que se sinta confortável de novo para ter um outro cachorro, onde esse período pode chegar a durar dias, semanas e até mesmo meses e, por isso, você deve ter o tempo que necessitar.

Outro problema que pode ocorre nesse período é o fato da incompreensão de algumas pessoas em relação ao seu sofrimento com a perda do seu cachorro, pois aqueles que não possui um cachorro em casa, nunca compreende a relação que se pode ter com ele, e assim, não entendem a dor dessa perda.

Por isso, tente não se frustrar com essas pessoas, e jamais deixe de sofrer por vergonha ou então por medo do que as outras pessoas estão pensando sobre você.

Como fazer com as crianças quando o cachorro morre

Se você tem crianças em casa e acabou de perder o seu cachorro, saiba que isso pode ser um problema ainda maior, pois nem mesmo você saberá ao certo como enfrentar esse tipo de situação, quem dirá explicar para as crianças que o cachorro morreu.

Por isso, uma das primeiras coisas que você deve levar em consideração é a idade da criança, ou seja, se a criança possui menos de dois anos, por exemplo, ela não consegue entender muito bem a ideia de morte, mas, provavelmente irá sentir a falta da presença do cachorro.

Já depois dos nove anos de idade, a criança já entende sobre a morte com clareza, e começa a realizar diversas perguntas e falar sobre o assunto, como o que ocorre com o corpo, entre outras perguntas. Dessa forma, não espere para ter uma conversa sobre esse assunto depois, e trate disso com clareza e naturalidade.

Como proceder com o corpo do cachorro quando ele morre

Depois que o cachorro morre, é comum que você fique sem saber o que fazer com o corpo dele, e em um momento de desespero, você acaba jogando o cachorro no lixo ou então em um terreno vazio.

No entanto, saiba que essa opção pode acabar colocando em risco a saúde pública, pois diversas doenças podem ser transmitidas de animais para os seres humanos.

Se você preferir, você pode enterrar o seu cachorro, onde já existem alguns cemitérios de animais em certas cidades, onde são lugares que possuem autorizações específicas de prefeituras e seguem as exigências para manter a segurança de todos.

Mas, caso você prefira enterrar o seu cachorro no seu quintal, você pode usar um saco plástico para poder fechá-lo, mas jamais jogue o animal em um lixo ou em um rio.

Qual o momento de adotar outro cachorro?

É bastante comum que você fique sem saber se deve ou não adotar outo cachorro depois que o seu cachorro morre. Mas, saiba que provavelmente, depois de alguns meses, essa questão de adoção irá surgir.

Ao adotar um novo cachorro, saiba que o vazio que o seu antigo cachorro deixou, jamais irá se apagar, porém, a presença de um novo animal na sua casa pode lhe ajudar a passar por esse processo de luto.

Com isso, a principal dica é que você procure ponderar muito bem essa decisão, onde você não deve esperar que o novo cachorro seja igual ao que morreu, pois existe essa tendência de se procurar por um parecido ao que se perdeu.

Ao tomar a decisão de adotar um novo cachorro, tenha plena consciência sobre essa adoção e de que ele é um cachorro totalmente diferente do outro que se foi, onde você irá viver novos e diferentes momentos, além de começar uma nova história.

Além disso, caso você tenha tomado a decisão de adotar um novo cachorro, procure visitar alguma associação que seja perto da sua casa, pois infelizmente existem milhares de cachorros passando por luto por terem se perdido ou por terem sido abandonados pelos seus donos.

Portanto, sobre o que fazer quando o cachorro morre, saiba que esse é sempre um momento muito difícil, e jamais tente compensar essa dor de forma imediata com um novo cachorro.

Mas, ao sentir que chegou o momento apropriado, adote um, pois além de dar um lar a um cachorro, você irá lhe dar a chance de reviver sentimentos de muito carinho e afeto.

 


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas