Início » Raças de Cachorros » Guia de Raças: Você conhece a raça Pumi?

Guia de Raças: Você conhece a raça Pumi?

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Pumi é uma raça de cão de pastoreio, oriunda da Hungria. Alguns pesquisadores afirmam que esse cão surgiu entre os séculos 17 e 18, como descendente do Puli e de cães de pastoreios alemães e franceses.

Acredita-se também que ele tenha parentesco com terriers, tendo herdado deles suas habilidades no pastoreio de gados e ovelhas. Foi desenvolvido inicialmente para conduzir gado, mas também foi e ainda é muito utilizado como cão de guarda. Hoje em dia é considerado como cão de companhia e de trabalho.

O Pumi é considerado, ao lado do Puli, do Kuvasz e do Komondor como uma das raças nacionais da Hungria. É um cão mais conhecido em seu país de origem, não sendo muito popular em outros países e até muito raro no Brasil.

Pumi

Características Físicas

O Pumi é um cão de porte médio, do tipo terrier. Possui algumas características bem peculiares, como as orelhas eretas e um tanto arredondadas, com a parte superior dobrada para frente.

Possui focinho alongado e uma pelagem muito bonita, ondulada, de cor sólida, que ao longo do comprimento forma os típicos cachos encontrados também em outras raças húngaras, além de um subpelo bem macio. A cor da pelagem deve ser sólida e pode ser das seguintes tonalidades – cinza, preto, fulvo ou branco.

O tamanho ideal dos exemplares machos fica entre 43 e 45 cm, enquanto as fêmeas devem apresentar entre 40 e 42 cm, de altura. O peso dos machos pode variar entre 10 e 15 kg, enquanto as fêmeas podem pesar entre 8 e 13 kg.

O Pumi possui um jeito de andar bem leve, ativo e eficiente, seu corpo é musculoso e sua cauda forma um círculo sobre o dorso. Pode viver nas zonas urbana e rural, pois possui boa capacidade de adaptação, no entanto, não é indicada a sua criação em apartamentos, pois o Pumi é muito agitado.

Personalidade

O Pumi é um cão de pastoreio, possuindo características de cão incansável, impetuoso, ativo e trabalhador. Com os donos e com as crianças, é muito afetuoso, porém, é reservado e desconfiado com estranhos. É um bom cão de guarda, sempre alerta para barulhos e movimentos estranhos, sendo também um excelente caçador, principalmente de ratos.

O Pumi está sempre em movimento, brincando, correndo ou latindo (ele late excessivamente), por isso, não é adequado para viver em apartamentos. Ele é um cão inteligente, dócil, não demonstra timidez e é fácil de adestrar, possui facilidade de aprender comandos.

É muito companheiro, sensível e afetuoso, um cachorro muito fiel à sua família. Pode ser um pouco inquieto e barulhento por necessitar estar com o corpo em constante movimento. Pumis vivem melhor em casas que tenham espaço amplo e ao ar livre, principalmente casas isoladas e fazendas. Pode conviver bem com outros animais de estimação, desde que seja socializado desde cedo.

Problemas de saúde comuns

O Pumi costuma ser um cão muito saudável e resistente a doenças. Os problemas mais comuns apresentados são a displasia coxofemural e luxação patelar (deslocamento da articulação do joelho). Sua expectativa de vida média é de 13 anos de vida.

Como cuidar

Uma boa característica do Pumi, é que ele não costuma soltar muitos pelos. Os mesmos devem ser escovados pelo menos duas vezes por semana, para que estejam sempre bonitos e com aspecto de bem cuidado e a cada três meses deve ser tosado.

Para manter a textura do seu pelo, é preciso deixá-lo secar em exposição ao ar, nunca devendo secá-lo com o secador. Pumis precisam se exercitar, atividades físicas e brincadeiras ao ar livre são ótimas para esse lindo cão. Nunca se esqueça de dar todas as vacinas necessárias ao seu cão e levá-lo às consultas veterinárias regularmente.

Quanto Custa

Não há registros, atualmente, da venda de Pumis no Brasil. Nos países onde é criado, é vendido por uma média de mil dólares.

Perguntas Frequentes

Pumis vivem bem em apartamento?

Pumis não são adequados para viver em apartamento. Eles precisam de espaço amplo para praticar exercícios, sendo ideal criá-los em ambientes espaçosos, casas com quintais grandes, sítios ou fazendas. Lembre-se que esses cães latem muito e podem incomodar os vizinhos caso morem em apartamento.

Pumis podem conviver com crianças?

Sim. Eles convivem melhor com crianças um pouco maiores (a partir dos 5 anos de idade) e são excelentes companheiros para suas brincadeiras.

Eles soltam muito pelo?

Não. Pumis soltam pouquíssimo pelo, mas mesmo assim, devem ser escovados para manter o padrão de sua pelagem.

Fotos de Pumis

Confira abaixo algumas fotos de cachorros da raça Pumi. Veja várias outras em nossa galeria de imagens (Clique aqui)


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas