Você está aqui: Início » Cuidados » Enriquecimento ambiental para cães

Enriquecimento ambiental para cães

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A vida contemporânea trouxe consigo vantagens para nossos amigos peludos, como avanços na medicina veterinárias, mais segurança para nossos pets, e muito mais. Porém, eles perderam sua conexão com a natureza e seus instintos. O enriquecimento ambiental para cães é uma forma de retomar essa conexão.

Através de brinquedos e atividades, é possível estimular os instintos do cão, tais como o olfato, o instinto de caça, sua inteligência, entre outros. É um hábito muito saudável que deve ser adotado por todos os donos de pet, mesmo que em um grau menor.

Como funciona o enriquecimento ambiental para cães?

É simples, você espalha brinquedos e coisas que despertem a curiosidade e instintos dos seus bichinhos pela casa, e eles vão aprendendo a utilizar seus instintos novamente. É um hábito extremamente saudável e relativamente simples que pode ajudar muito seu amigo peludo.

Coisas como espalhar temperos ou ervas pela casa, em lugares altos, pode ajudar seu cão a sentir cheiros diferentes através de uma mistura de odores, colocar petiscos em lugares escondidos pode estimular a caça, utilizar alimentadores interativos estimulam a inteligência, e por aí vai

As vantagens do enriquecimento ambiental

Os benefícios trazidos pelo enriquecimento ambiental são muitos, e vão além da reconciliação entre o cão e seus instintos primitivos. Ele ajuda a combater e prevenir doenças comportamentais e emocionais, estimula suas capacidades cognitivas, entre muitos outros

Com o ambiente enriquecido, o cão fica mais energético, menos entediado, mais saudável, tanto fisicamente quanto emocionalmente, e você não precisa despender de muito dinheiro ou tempo para fazer isso.

O que posso fazer para enriquecer o ambiente?

De coisas simples, a brinquedos elaborados, o enriquecimento ambiental pode ser adotado sem que hajam grandes gastos. Você pode utilizar coisas simples, que já tem em casa.

Algumas ideias são: esconder petiscos debaixo do sofá, cama ou mesa, para estimular o cão a caçar. Você pode, também, pendurar o petisco em um lugar alto para que seu amigo tenha que pular, ou encontrar uma forma esperta de pegá-lo.

Uma opção interessante de brincadeira é espalhar bacias com diversos tipos de “piso”, para que seu cão tenha diferentes sensações ao pisar, como grama, folhas secas, palha, pedrinhas, entre outros.

Oferecer frutas e vegetais é sempre uma boa pedida! Seu cãozinho aprende novos gostos, novas formas de comer, e isso estimula seu paladar e suas capacidades cognitivas. Alimentos como uva, cenoura, banana, por exemplo.

Como já foi dito aqui antes, espalhar vidrinhos com ervas pela casa ajuda o cãozinho a sentir vários cheiros e estimular seu olfato. E existem também brinquedos que estimulam o cão com maneiras divertidas e inteligentes de se alimentar.

A ação de mastigar também é comum entre os cães, e uma ótima maneira de estimular esse instinto é oferecendo-lhes ossos naturais (não os ossos de couro!), cordas, e brinquedos apropriados. Uma boa opção também são as garrafas pet, com sua textura e barulho (só não se esqueça de tirar o rótulo!).

Outra ótima opção natural para seu dog roer, são cocos verdes. São grandes e eles adoram a textura e o sabor, além disso a “sujeira” que fica depois é bem fácil de limpar, já que são só fibras.

Passear também ajuda muito seu cãozinho, ele conhece outros animais, descobre outros cheiros, sente outras sensações na pata! Estimula suas habilidades sensoriais, sociais e cognitivas.

Quais são os tipos de enriquecimento ambiental?

Como é um assunto bem variado, o enriquecimento ambiental possui 5 variações:

  • Enriquecimento ambiental Físico: consiste em colocar obstáculos e construções desafiadoras pela casa, criar novos ambientes e renová-los com frequência, mesmo que com pequenas alterações, para que não se tornem monótonos.
  • Enriquecimento ambiental Social: consiste em colocar seu cãozinho em contato com outros animais, sejam da mesma espécie ou de espécies diferentes, para estimular positivamente o convívio social. Esses contatos devem sempre ser supervisionados.
  • Enriquecimento ambiental Sensorial: consiste em utilizar técnicas ou instrumentos que estimulem os cinco sentidos do seu pet: visão, audição, olfato, paladar e tato.
  • Enriquecimento ambiental Cognitivo: consiste em estimular a capacidade intelectual e mental do cão, como a concentração, memória, coordenação motora e o raciocínio, através de brinquedos que oferecem comida como uma recompensa, e alimentadores inteligentes.
  • Enriquecimento ambiental Alimentar: consiste em estimular a capacidade de caça do seu amigo canino, escondendo comidas e petiscos em lugares imprevisíveis e diferentes.

Consequências da falta do enriquecimento ambiental

Se o seu amigo fica muito tempo sem ser estimulado, seus instintos e sua capacidade cognitiva vão se deteriorando. Isso não é nada saudável para sua saúde mental.

Por natureza, os cães, que descendem dos lobos, são caçadores e devem ser estimulados, cognitiva e instintivamente, como tais. A ausência desse estímulo pode gerar problemas como tédio, que pode levar a automutilação, por exemplo.

Outro problema é a carência, ou dependência, excessiva do dono. Como o cãozinho não tem outra forma de se divertir ou se entreter, ele recorre ao dono. Isso pode, eventualmente, levar a depressão, caso o dono fique ausente por muito tempo.

Além disso, cachorros sem convívio social acabam ficando agressivos quando deparados com outros cachorros, já que não sabem como agir diante uma situação dessas.

Enfim, cães que não são estimulados constantemente, mesmo que só um pouco, acabam ficando mais e mais tristes, agressivos e dependentes, além de vários malefícios para sua saúde física.

Se você ama seu peludo, considere tentar uma das práticas sugeridas acima, ou crie uma você mesmo, baseado no que aprendeu aqui! O enriquecimento ambiental não é uma regra estrita, é um processo que envolve criatividade e afeto.

Com o ambiente propriamente preparado, seu cãozinho vai ser muito mais feliz, ativo e tranquilo. Adote as práticas do enriquecimento ambiental para cães e melhore a qualidade de vida dos seus amigos peludos.

 


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas