Início » Adoção de Cães » Cuidados com filhotes: Quais você deve ter

Cuidados com filhotes: Quais você deve ter

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Ao tratar-se de cuidados com filhotes, a regra principal não muda: o mais indicado sempre é procurar um veterinário para tirar as dúvidas e saber que o seu bicho de estimação estará com a saúde e o desenvolvimento nas mãos de um profissional que estudou para isso.

No entanto, existem algumas dicas importantes que você já pode saber sem o auxílio profissional, ou que você pode consultar, caso tenha esquecido de todas as instruções de um profissional.

cachorro-no-gramado-cuidados-com-filhotes

Entre os cuidados com filhotes mais importantes, estão aqueles que dizem respeito à adaptação e à segurança do cão em seus momentos iniciais de vida. Por isso, é necessário que você conheça os principais riscos e medos de um cachorro. Embora cães tenham personalidades e medos diferentes, muitas coisas costumam repetir-se – por isso, você pode utilizar essas dicas e adaptá-las, de acordo com as reações do seu próprio cão.

Filhotes longe dos pais

Quando você começa a criar um filhote muito jovem, é comum que ele demonstre muita insegurança e saudade de sua mãe, chorando muito à noite ou recorrendo a cantos um pouco mais aquecidos da casa.

filhote-longe-dos-pais

O ideal é adotar o cachorro apenas quando ele já estiver pronto para separar-se de sua mãe, mas isso nem sempre é possível (ou uma escolha do novo dono).

Nestes casos, existem alguns truques, como utilizar uma garrafa com água morna enrolada por um cobertor no local onde o cão irá dormir, colocar um relógio com ponteiros sob o cobertor e permitir que ele estabeleça um refúgio aconchegante, com seu cheiro, onde se sinta seguro.

Alimentação

Quando o cachorro está apto para comer ração, um dos principais cuidados com filhotes necessário é alimentá-lo de maneira apropriada. Existem rações específicas para filhotes, em estágios diferentes de seu desenvolvimento. O ideal é perguntar a um profissional qual ração é mais apropriada para seu filhote, e observar se consegue adaptar-se ao alimento.

Vacinas

Assim como uma criança, há uma série de vacinas que um cachorro deve, obrigatoriamente tomar. Este é um cuidado necessário tanto para a saúde do cão, quanto para a de seu proprietário.

A primeira vacina costuma ser aplicada com cerca de 45 a 60 dias de idade, se ele tiver passado pela adaptação apropriadamente, e novas doses devem ser aplicadas a cada 30 dias, aproximadamente, em um total de 3 a 4 aplicações.

Objetos e obstáculos

Um dos principais cuidados com filhotes que os donos precisam ter, é a responsabilidade com objetos e locais de risco para o cachorro. Ainda pior do que o tênis mastigado ou o pé da mesa roído, é a ingestão de algum objeto perigoso que possa ser fatal.

Além disso, alguns locais são, por si só, um grande risco para a segurança de um filhote. Por isso, é importante treiná-lo para saber onde não ir, e manter objetos perigosos em locais que ele possa alcançar para evitar um acidente.

Troca de dentes

Geralmente, entre os 4 e 6 meses de idade, o filhote passa pelo processo de troca dos dentes. Alguns cães sentem-se muito desconfortáveis e nervosos com o processo, e – neste caso – é bom contar com a ajuda de um veterinário para lidar com os sangramentos e sensibilidades do animal, de forma a reduzir seu sofrimento e riscos.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas