Você está aqui: Início » Cuidados » Cachorro com febre

Cachorro com febre

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Cachorro com febre sempre gera preocupação! Afinal, se ele está com a temperatura corporal alterada deve estar sofrendo de algum tipo de problema, e é difícil saber o que é!

Além disso, é complicado lidar com a situação porque para começar não é tão fácil descobrir se o cachorro está de fato com febre, já que a forma de medi-lo é totalmente diferente da nossa.

Assim sendo, a seguir nós vamos te explicar o que fazer com seu cachorro com febre, o que pode estar causando esse problema e claro, vamos te dar dicas do que fazer do princípio ao fim! Vem conferir e se surpreender com as nossas dicas!

Quais os sintomas que o cachorro com febre apresenta?

Um cachorro com febre apresenta sinais de que as coisas não estão indo bem dentro do seu organismo. Entre os sintomas mais comuns que o seu pet vai apresentar podemos elencar…

  • O seu focinho, que tende a ficar muito mais seco e quente do que normalmente é.
  • Os seus olhos, que começam a ficar lacrimejantes e também um pouco embaçados;
  • A apatia, que é quando ele não tem vontade de fazer nada;
  • A falta de apetite, que pode ser bem perigosa para a manutenção da sua saúde;
  • O nervosismo, que se torna maior, uma vez que ele está incomodado;

No caso da febre estar alta demais é comum que o cachorro trema, assim como nós trememos quando estamos muito quentes! Ainda assim, esse é o último estágio da febre, e é importante atentar para tudo que acontece antes, para que a gravidade da situação não se alastre!

Como diagnosticar o cachorro com febre?

Para saber se o seu cachorro está com febre é necessário tomar providências que não são comuns quando estamos falando de seres humanos! Embora seja perfeitamente possível utilizar um termômetro normal, como os que temos nas nossas casas é necessário fazer a medição de uma maneira totalmente distinta. O procedimento é o seguinte:

  1. Sacuda o termômetro bem, até o nível do mercúrio ou da temperatura estar marcando apenas 35 graus;
  2. Lubrifique com vaselina ou algum gel apropriado o termônetro;
  3. No caso do seu cão ser mais agitado ou nervoso é melhor pedir ajuda nesse momento. Se ele sentar no termômetro enquanto o objeto estiver inserido os riscos são muito grandes;
  4. Introduza no ânus do seu cão o termômetro. É importante se lembrar que não precisa colocar mais do que 1/3;
  5. Mantenha o objeto introduzido por pelo menos dois minutos;
  6. Retire o termômetro com cuidado e depois verifique a temperatura que deu;
  7. Não deixe de limpar o termômetro após o uso;

Vale a pena apostar em um termômetro próprio para cachorros?

Se você quer evitar que o seu cão se incomode com a medição pelo ânus existe a opção de comprar um termômetro para cachorro. Eles não tendem a ser tão caros e tornam possível a medição através da orelha do seu pet! Você vai ter que gastar um dinheirinho, mas vai oferecer ao seu melhor amigo mais comodidade e conforto em um momento de claro sofrimento, o que é sempre positivo!

O que fazer para ajudar o seu cachorro com febre?

Ajudar o cachorro com febre é possível e primordial, inclusive em casa. O ideal é sempre levá-lo ao veterinário, porque essa elevação da temperatura mostra que algo de errado está ocorrendo no seu corpo, e isso deve sempre te deixar com o sinal de alerta aceso!

Se a temperatura chegar aos 40 graus você precisa ir a um especialista para já, porque o seu pet corre sério perigo! Agora, se a temperatura está mais baixa existem atitudes que você pode tomar para auxiliá-lo. Entre as principais ações nós podemos listar…

  • A hidratação – Faça o seu cão beber muita água. A hidratação é primordial para que ele não fique ainda pior com a febre. Talvez ele não aceite a água normal, e nesse caso você pode dar sem problemas água de coco;
  • A proteção – No caso dele estar tremendo não deixe de cobrí-lo. Prefira usar uma manta levinha para ajudar no processo. Outra coisa que pode ajudar é você ficar ao lado delem, dando muito amor e carinho;
  • O banho – Apostar em um banho morninho pode ser reconfortante, ajudando a temperatura a baixar, sem deixá-lo exageradamente desconfortável;

Quais as causas para o cachorro estar com febre?

Uma coisa que desespera os tutores é não saber porque o seu melhor amigo está febril, e talvez esse seja um motivo de incômoco da sua parte. Bem, é interessante dizer que quem tem a capacidade de analisar o quadro e fazer um diagn[ostico preciso é sempre o veterinário, mas as causas mais comuns para um cachorro com febre são:

  • Leptospirose;
  • Parvovirose;
  • Cinomose;
  • Babesiose;
  • Toxoplasmose;
  • Anaplasmose;
  • Meningite;
  • Lúpus;
  • Vasculite;
  • Hipertireoidismo;
  • Panleucopenia;
  • Pancreatite;
  • Raiva;

Como você pode perceber um cachorro com febre pode estar sofrendo de vários problemas distintos e variados. As infecções virais e bacterianas costumam ser as razões mais comuns para o seu cão ficar febril, mas existem outras condições sérias, que alteram não só a sua temperatura, mas também prejudicam todo o seu organismo e podem inclusive matar.

É por isso que não dá para brincar! Se você ver que o seu cachorro está com uma febre alta é melhor ir já para o veterinário, para descobrir de uma vez por todas o que está acontecendo.

Não tente medicá-lo por conta própria, porque você pode acabar piorando uma situação já frágil, sem dar a chance dele ter o tratamento adequado para melhorar de fato. Também não vale a pena apostar em um antitérmico, poqeue ele pode acabar mascarando um sintoma importante para o diagnóstico do problema principal, então por mais que você queira ajudar é melhor evitar!

Como você pode ver o cachorro com febre está incomodado e sendo afetado por alguma condição séria. É necessário que você fique atento e tente apoiá-lo e assisti-lo da melhor forma, sem se esquecer de levá-lo ao seu veterinário de confiança, pelo próprio bem do seu melhor amigo!


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas