Início » Raças de Cachorros » Yorkshire Terrier: Saiba tudo sobre a raça

Yorkshire Terrier: Saiba tudo sobre a raça

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Conhecida como uma das raças de cães mais amadas do mundo, o Yorkshire Terrier, também conhecido simplesmente como Yorkie, é um cão de origens bretãs, mais especificamente na Inglaterra, cuja região denominada homônima deu origem ao nome da raça, que perdura até hoje.

Yorkshire Terrier

Acredita-se que o surgimento da raça Yorkshire Terrier não foi um mero acidente de cruzamentos, mas uma mistura proposital entre raças Terrier muito nobres presentes na região do Reino Unido, como Airedale, Paisley, Maltês e Clydesdale.

Há algum tempo atrás, muitas pessoas referiam-se ao Yorkshire como o famoso “cachorro de madame”, associação que se originou na Londres do século XIX, onde era possível observar diversas mulheres de origem nobre e abastada passeando acompanhadas de um cachorro dessa raça.

Por conta dos inúmeros cruzamentos entre raças dos quais derivam os Yorkshires atuais, a definição de um padrão para a categoria foi um pouco lenta, uma vez que, à época, existiam Yorkies de diversos tamanhos, cores e pesos. Apenas no início do século XX órgãos regulamentadores de raças decidiram que o menor tamanho seria o mais adequado para padronizar a raça. Atualmente, não existem variações de tamanho muito grandes para a raça.

Yorkshire: aspecto e temperamento

A raça Yorkshire tem como característica a pelagem longa, que pode chegar a tocar o chão caso aparar os pelos do pet não seja um hábito frequente do dono. Seu focinho é de comprimento mediano e de cor preta, com uma cabeça pequena e delicada. Suas orelhas são eretas e precisam ser colocadas nessa posição ainda no primeiro mês de vida, com ajuda de talas de esparadrapo.

Com cauda pequena e com poucos pelos, um Yorkshire pode chegar a pesar até 3kg, medindo de 17 a 22cm de altura. Os pelos costumam crescer com intensidade na região dos olhos e da cabeça. Para não prejudicar a visão do seu animal, recomenda-se o uso de fitas e laços para prender os fios ou tosa e aparação frequente dos pelos nessa região.

Yorkshire

Com relação ao comportamento, a raça é muito brincalhona e precisa de atenção frequente do dono. Apesar de ser pequena, caber em espaços menores e não necessitar de exercícios tão frequentes, recomenda-se passear ao menos uma vez por dia com o animal e/ou fazer uma sessão de brincadeiras de 20 minutos todos os dias.

Por ocupar a 27ª posição no ranking de inteligência canina, o Yorkshire Terrier é uma das raças mais facilmente adestráveis de que se tem conhecimento. É possível ensinar a ele vários truques, que variam de comandos simples a acrobacias mais complexas.

Marcam território de maneira moderada e dão excelentes cães de guarda, uma vez que demoram a se familiarizar com pessoas e animais desconhecidos. Por isso, alguns podem desenvolver o hábito de latir um pouco mais do que deveriam, o que pode ser corrigido nas sessões de adestramento. Tendem a desenvolver um temperamento que reflita o do seu dono e do ambiente em que vive, por isso, atente-se para não passar tensão e estresse demais ao seu cachorro se não quiser que ele se torne agitado.

Perto dos donos e da família, são calmos, dóceis e carinhosos, o que os torna uma das melhores raças para quem deseja ter sempre uma companhia por perto. Não à toa os Yorkshires são amplamente utilizados como cães de terapia e de auxílio à recuperação de traumas.

Convivem muito bem com outros animais, não importando a espécie, mas para que isso aconteça sem transtornos, o ideal é habituá-los desde filhotes à presença de outros pets, sejam eles gatos, pássaros ou outros cães.

Saúde, cuidados e exercícios para Yorkshire

O pelo longo e macio de um Yorkshire precisa de alguns cuidados frequentes para manter-se sempre lustroso e bonito. Um deles é escovação diária, que garante que não se formem nós e embaraçados. O corte de pelos é outro cuidado que precisa fazer parte do dia a dia de um Yorkshire, para que os pelos não cresçam demais e acabem atrapalhando a locomoção e a visão do animal. Opte sempre por produtos de higiene próprios para a raça, dando preferência para os que já contém propriedades antiparasitárias.

Seu Yorkie precisa tomar banho uma vez a cada duas semanas, um cuidado que também visa manter sua pelagem macia e desembaraçada até a próxima tosa. Em épocas mais frias, é recomendado deixar o pelo do animal um pouco mais comprido do que o habitual, usando laços, fitas e escovação para mantê-lo livre de embaraços.

Problemas de saúde específicos de raças pequenas também afetam os Yorkshires com frequência, por isso é importante estar sempre alerta e fazer visitas periódicas ao veterinário. Deslocamento da tíbia, luxações, problemas localizados na coluna vertebral e hidrocefalia são alguns dos males aos quais o Yorkie está mais propenso. A diarreia e complicações no trato intestinal são outros problemas que podem afetar um cão dessa raça.

Por serem cães de pequeno porte, é muito comum que sejam carregados no colo dos donos com frequência. É sempre bom ter os animais que amamos próximos a nós, mas não é recomendado deslocar seu Yorkshire apenas no colo. Além de fazer com que ele se torne um pouco preguiçoso, o colo diminui o tempo de exercício diário, o que pode acabar levando ao sobrepeso. Um ligeiro entortar da coluna também pode derivar desse hábito.

Além dos passeios diários pela vizinhança, outro exercício que pode fazer parte da rotina do seu Yorkie é a natação. Essa raça adora água, o que faz desses cães excelentes nadadores. Mas, ainda assim, o receio inicial é normal, por isso é indicado estimular o contato com a água desde os primeiros meses de vida.

Um Yorkshire consome de 70 a 90g de ração diariamente e muitos veterinários recomendam a compra de uma ração especialmente feita para a raça para evitar problemas renais e de sobrepeso futuramente. Um cão dessa raça costuma ter uma expectativa de vida de 12 a 15 anos e o custo de manutenção da criação de um cachorro Yorkie é um pouco acima da média, considerando as rações especiais e as idas mais frequentes à pet shop.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas