Você está aqui: Início » Doenças » Tumor de baço em cães

Tumor de baço em cães

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Quando pensamos em tumores sempre tememos pelo pior, e na verdade o tumor de baço em cães é uma realidade que pode desesperar a maior parte dos tutores, e com razão.

Nunca é fácil sabermos que o nosso melhor amigo está doente, e que o que ele tem nos remete a algo tão perigoso e tão temível como o câncer. Se você soube que seu cão tem esse diagnóstico e está procurando por conforto ou informação nós imaginamos que não esteja mesmo sendo fácil.

Mas se orientar e buscar conteúdo é o que pode te aliviar nesse momento, e é por isso que nesse artigo vamos falar mais sobre o tumor de baço em cães. Vem conferir e se informar!

Entenda mais sobre o tumor de baço em cães

Um dos grandes problemas relacionados ao tumor de baço em cães é que em muitos casos ele só é descoberto quando se rompe, e isso causa uma hemorragia interna que pode matar.

Não é por acaso que vemos tantos veterinários insistindo que os tutores invistam em consultas e em exames de rotina, que vão ajuda-los a detectar problemas como esse antes que seja tarde demais!

Quanto mais tarde você começa a tratar uma condição ou doença mais difícil é reverter, evidentemente, e a prevenção que os estudos e análises constantes oferece é fundamental para que você saiba se o seu bichinho sofre com alguma coisa e tenha assim a chance de ajudá-lo a se curar.

É necessário entender também que em muitos casos a doença não apresenta sintomas, mesmo quando está em um nível bastante avançado, a ponto de levar o seu melhor amigo ao óbito. Esse é, por exemplo, o caso do tumor de baço em cães!

Esse tumor está entre uma das causas de morte de cachorros mais comuns, e é especialmente fatal quando ocorre com idosos. Como comentamos previamente, os seus sinais não são claros ou perceptíveis aos tutores, mas quando ele estoura causa muita hemorragia interna e uma dor absurda.

Obviamente não é necessário chegar ao rompimento para que se saiba o que está acontecendo, porque com uma simples ultrassonografia é possível descobrir o problema. É por esse motivo que os especialistas são tão firmes quando pedem que os tutores levem sempre seus animais para serem examinados e testados, porque é sempre melhor se prevenir do que se ter que remediar!

Saiba como o baço do seu cachorro funciona

Ao contrário do que talvez você possa pensar os pets de modo geral (cães, gatos) podem viver sem o baço. Nós também podemos, inclusive. O órgão de formato longo e tubular possui várias funções, mas ainda que ele não esteja mais no corpo do animal é possível que ele leve uma vida normal e saudável, porque o organismo faz substituições para que isso aconteça.

Entre as funções principais do baço estão a filtragem do sangue, para remoção de células mortas e de bactérias, a estocagem de plaquetas produzidas pela medula, o desenvolvimento de células vermelhas e claro, a produção de anticorpos, mas outras partes do corpo podem se ocupar dessas necessidades, como a medula e o fígado, por exemplo!

Quando o baço está com algum tipo de problema esse problema costuma surgir quando o corpo do animal apresenta algum desequilíbrio, e é um quadro bem comum em animais mais velhos, que já passaram dos seis anos de idade e tem médio ou grande porte.

No caso de o tumor ser descoberto não há motivo inicial para pânico, porque existem muitos estágios para essa doença. No começo, por exemplo, o tumor não passa de um nódulo de 1 cm, que não é considerado muito preocupante.

A medida que ele se torna maior a gravidade também aumenta, óbvio. Em todos os casos é necessário retira-lo e fazer uma biópsia, afim de descobrir se ele é maligno ou se ele é benigno!

Compreenda como acontece o diagnóstico do tumor de baço em cães

O diagnóstico do tumor de baço em cães ocorre não necessariamente pelos sintomas que a doença apresenta, porque ela não costuma se mostrar de forma clara desde o início. É por esse motivo que tantos tutores só tem noção do que está acontecendo quando o seu animal começa a apresentar dores ou hemorragia interna, o que detona que o problema avançou demais!

Para ter uma noção do que ocorre sem que haja alguma consequência terrível é necessário apostar em exames de imagem, que podem ir do ultrassom que comentamos previamente até o raio-x abdominal!

Assim é mais fácil detectar o problema, mas exames de sangue, de urina e também um eletrocardiograma que esteja alterado pode levar o especialista que cuida do seu melhor amigo a desconfiar que há alguma coisa errada ocorrendo no seu organismo.

Outros sintomas que são bem reconhecidos e associados ao tumor no baço, mas costumam surgir só quando a situação já está muito avançada são, nessa ordem…

  • A falta de apetite do animal;
  • A letargia do seu pet;
  • O vômito e as fezes do seu cão com sangue;

Conheça o tratamento disponível para resolver o tumor de baço em cães

Para tratar o tumor de baço em cães vai caber ao seu veterinário decidir qual o procedimento ideal a se tomar, mas de maneira geral o que mais se faz normalmente é apostar na operação como a melhor resolução.

É lógico que dependendo do resultado da biópsia do material não vai poder parar por aí o tratamento. Se for descoberta a malignidade do tumor vai ser necessário intervir, para que um câncer não acabe se espalhando pelo corpo do animal. Ainda que a retirada aconteça de forma material é prudente acabar com as células cancerígenas que estejam presentes no organismo!

O tumor de baço em cães pode ser curado, especialmente se você fizer esforços para diagnosticá-lo o mais rápido possível no seu melhor amigo, ajudando-o com um tratamento eficaz e com um prognóstico favorável. Cuidemos dos nossos bichinhos não apenas quando eles adoecem, mas sempre, procurando saber como eles estão! Isso pode salvá-los!


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas