Início » Todos os posts » Curiosidades » Quais são as raças mais antigas de cães?

Quais são as raças mais antigas de cães?

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

As semelhanças entre os cães e os lobos vão muito além das afinidades no comportamento, como o instinto para a caça, e dos aspectos físicos similares, como a pelagem e o tamanho. Ao estudar o DNA dos cães, é possível encontrar raças que possuem heranças genéticas relacionadas aos lobos, sendo que as diferenças genéticas podem aumentar ou reduzir de acordo com a raça analisada.

raças-antigas-de-caes

Como existem mais de 300 raças de cães no mundo, descobrir quais são as raças mais antigas ou quais são as mais próximas dos lobos tornou-se um tema de ampla pesquisa e estudos. A maioria das raças mais antigas, no entanto, não são tão populares no Brasil se comparadas com outras raças bastante difundidas pelo país. Mesmo assim, em alguns estudos sobre as raças mais antigas é possível encontrar algumas que já caíram no gosto dos brasileiros.

Qual a raça mais antiga?

Determinar qual é a raça mais antiga do mundo não é uma tarefa fácil, principalmente devido à dificuldade de definir a exata origem de cada raça – o exato país ou região e a exata época de origem. Mesmo assim, estudos indicam que algumas raças podem ser consideradas as ancestrais e mais primitivas.

As regiões que registram a maioria das raças mais antigas são regiões do Antigo Egito no continente africano, regiões geladas como na Rússia e no Alasca, e regiões perto da China e Japão.

Raças do Antigo Egito

A região do Antigo Egito, por exemplo, é conhecida por ser o berço de algumas das raças mais antigas, como os Galgos, Salukis, Basenji, Hound Afegão e os Cães dos Faraós. Esses cães destacam-se principalmente pelo bom físico, resistência e por atingirem altas velocidades.

Tradicionalmente trabalhavam na caça, defesa de rebanhos e propriedades, além de serem bons companheiros. Os Cães dos Faraós eram considerados os principais amigos dos faraós, sendo exemplos de lealdade e fidelidade. Essas raças possuem em sua maioria porte médio e acredita-se que surgiram há cerca de 4000 anos a.C.

Raças da Rússia e Alasca

Regiões frias como as localizadas na Rússia e na América do Norte também abrigaram algumas das raças mais antigas do mundo, como o Borzoi, Chow Chow, Malamute do Alasca, Samoeida, Akita e Husky Siberiano.

Essas raças distinguem-se pela alta resistência a temperaturas baixas e pela facilidade em caçar nesses ambientes gelados. Também são conhecidos por auxiliarem na defesa e guarda das famílias, além de possuírem personalidade serena e mansa.

Raças da China e Japão

Na Ásia, principalmente na região da China, também existem registros de raças antigas. O Terrier do Tibete, por exemplo, surgiu no Tibete e é popularmente identificado como um cão que traz felicidade e paz aos donos. O Shih-Tzu também é uma raça originada na região do Tibete, junto ao Lhasa Apso.

Outras raças asiáticas da região chinesa são o Pequinês e o Shar-Pei. O ponto em comum entre a maioria das raças originadas na China é o fato de que todos possuem simbologias relacionadas à sua origem e história, representando valores importantes para a sociedade chinesa.

Já na região do Japão existem registros do Shiba Inu, uma raça conhecida pela fidelidade e por ser amável com seus donos. Muitos consideram essa raça como a ancestral do Akita.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas