Você está aqui: Início » Curiosidades » Músicas para cachorros: será que o seu melhor amigo gosta?

Músicas para cachorros: será que o seu melhor amigo gosta?

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Seu cão parece mais relaxado ou enérgico quando há música tocando? Ou será que ele não parece se divertir nem um pouco com a música? Saiba se a reação do seu melhor amigo à músicas para cachorros é a mesma dos humanos!

Obtenha toda a informação sobre a habilidade de um cão de ouvir música através de estudos que mostraram que os cães têm um conjunto auditivo muito mais sensível do que os humanos. Assim, aprenda a lidar melhor com o humor de seu pet e compartilhe momentos ainda mais agradáveis junto a quem sem ama!

A influência da audição nas músicas para cachorros

Os cães podem ouvir frequências de som mais altas em uma escala de hertz (Hz) do que os humanos, que podem ouvir frequências mais baixas. Os seres humanos têm cerca de 1/3 da capacidade de um cão ouvir ruídos estridentes.

Diz-se que os cães têm uma sensibilidade auditiva de 40 Hz a 60.000 Hz, enquanto os humanos têm uma sensibilidade auditiva de 20 Hz a 20.000 Hz. Embora os cães tenham audição mais aguda do que os humanos, eles não estão no topo da lista de mamíferos com audição incrível.

Os morcegos têm uma frequência de audição entre 20 Hz e 120.000 Hz – o dobro do limite superior da capacidade de um cão ouvir. Como os cães podem ouvir ruídos mais altos do que os humanos, eles geralmente respondem a ruídos que o proprietário não percebe.

Pode acontecer de o cachorro não estar latindo, por exemplo, para ninguém fora de sua casa, mas sim estar latindo para pequenos visitantes no interior dela: ratos! Os ratos se comunicam uns com os outros por ruídos que são de 1 kilohertz (kHz) a 90 kHz ou 1.000 Hz a 90.000 Hz – o que, na faixa superior, é inaudível para humanos, mas pode ser audível para cães.

1 kHz é igual a 1.000 Hz. Um cão pode ouvir os camundongos sinalizando um para o outro, que é o modo de o seu cão sinalizar para você que você pode ter alguns roedores desagradáveis! Agora que você tem uma ideia da sensibilidade da audição de um cão, podemos voltar ao tópico da músicas para cachorros.

Saiba mais sobre as músicas para cachorros

Quando você coloca músicas para cachorros, muitas vezes há vários ruídos ao mesmo tempo, a não ser, é claro, que você esteja tocando uma música de um único instrumento. Nesse caso, há apenas um som que produz vários tons, dependendo da frequência e da vibração do instrumento.

Por exemplo, um piano pode emitir um ou vários sons entre suas notas mais baixas e mais altas. A nota mais baixa em um piano é de 27,5 Hz e a mais alta é de 4,186 Hz, o que entra por completo na faixa de audição humana.

Se você estiver tocando uma música no rádio ou no CD player, poderá ouvir vários sons ao longo da música e, provavelmente, poderá ouvir cada um desses sons juntos e separadamente, se ouvir atentamente. É lógico pensar que todos os sons gravados em uma música estariam dentro da faixa de 20 a 20.000 Hz, ou então como um humano seria capaz de ouvir os sons ao gravar no estúdio?

É seguro assumir que os cães podem ouvir os sons de uma música que os humanos possam ouvir, ou seja, ele podem desfrutar igualmente de sons relaxantes e calmantes, como os da música clássica. Veja a seguir!

Estudos referentes a músicas para cachorros

Em um estudo de 2012 publicado no Journal Of Veterinary Behavior, pesquisadores da Colorado State University monitoraram o comportamento de 117 canis, incluindo seus níveis de atividade, vocalização e tremores no corpo.

Os pesquisadores tocaram alguns tipos diferentes de músicas para cachorros, incluindo clássicos, heavy metal e um tipo alterado de música clássica. Eles também observaram o comportamento dos cães quando nenhuma música estava tocando e descobriram que os cães dormiam mais enquanto ouviam todos os tipos de música clássica, indicando que ela os ajudava a relaxar.

Os cães tiveram a reação oposta à música de metal, o que provocou o aumento da agitação do corpo – um sinal de nervosismo. Os pesquisadores notaram as semelhanças entre cães e pessoas quando se trata de música clássica.

“Esses resultados são consistentes com estudos em humanos, que sugerem que a música pode reduzir a agitação, promover o sono, melhorar o humor e diminuir o estresse e a ansiedade”, escreveram os pesquisadores.

Eles também apontam que a música heavy metal tem efeitos indutores de ansiedade em alguns humanos.

Conclusão

Nós sentimos que se um cão responde a uma música de forma diferente, pode ser que ele ache aquele um som irritante para ele, assim como muitos de nós achamos o som de uma ambulância irritante, por exemplo!

Se você achar que seu cão responde positivamente a uma música, pode ser porque ele gosta de um certo som devido a um reforço associativo. Cães lembram-se de situações baseadas em sentidos e, nesse caso, seriam ouvidos.

Se um cachorro ouve uma campainha em um comercial de TV, pode começar a latir como um louco porque está acostumado a ouvir esse som quando há um estranho na porta. Se um dono muitas vezes leva seu cachorro para passear de bicicleta com ele e o cão ouve um som de sino em uma música, ele pode começar a correr em círculos pronto para caminhar – porque está acostumado a ouvir esse som quando sai com seu dono.

Há também a teoria de que os cães não prestam muita atenção à música real, mas prestam mais atenção a como a música está afetando seu dono. Os cães gostam de ver seus donos calmos, relaxados, felizes e sem estresse.

Boas vibrações para você equivalem à boas vibrações para o seu cão. Um proprietário feliz cria um ambiente de vida feliz e, consequentemente, um cachorro feliz. Da próxima vez que você colocar alguma música, preste atenção em todos os tons e veja como o seu cão responde a eles!

Sabendo mais sobre as músicas para cachorros, você pode apostar nelas como uma ferramenta de alegria!


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas