Você está aqui: Início » Raças de Cachorros » Malamute do Alasca: personalidade, cuidados e fotos da raça
Malamute do Alasca

Malamute do Alasca: personalidade, cuidados e fotos da raça

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sendo conhecido como um dos maiores e mais antigos cães de trenó do Ártico, o Malamute do Alasca é bastante forte e resistente, sendo originalmente criado para levar grandes cargas e em distâncias longas, e atualmente, é um ótimo cachorro de companhia.

Uma raça muito amada na América do Norte, o Malamute do Alasca vem agora conquistando diversos lares de toda a Europa, onde o cão dessa raça é altamente adaptado ao ambiente onde nasceu.

Veja também – Husky Siberiano: Conheça tudo sobre a raça

Assim, não apenas por apresentar uma pelagem densa e duplas, mas por ainda possuir a vontade de trabalhar puxando trenós, é necessário que o dono desse tipo de cachorro tenha bastante de paciência e experiência para poder cuidar e treinar o Malamute do Alasca.

Conheça mais sobre o Malamute do Alasca

Talvez pelo fato de lembrar os seus antepassados, os lobos, as raças nórdicas de cachorros acabam despertando um especial interesse nas pessoas, e com isso, o Malamute do Alasca tem se destacado pelo seu físico e pela sua elegância, onde se trata de um cão de grande personalidade, tamanho e de natureza majestosa.

Quanto a sua origem, ele vem da zona ártica, onde era usado pelo povo dos Mahle para poder ajudar nas atividades de caça e, ainda nos trenós, onde essa função necessitava de animais bastante fortes, vigorosos, inteligentes e leais, e essas características eram encontradas no Malamute do Alasca.

Malamute do Alasca filhotes

Dessa forma, esse é um cachorro que se diferencia pela sua resistência mais do que pela sua velocidade, onde a sua estrutura óssea é a que garante que ele seja trotador, onde pode recorrer enormes distâncias.

Porém, é com certeza que atualmente, existe mais Malamute do Alasca tirando de carrinhos e trenós em competências esportivas que transportando aos habitantes do Ártico, onde são de um caráter independente, e se destacam como cachorros de busca e de resgate.

Sobre o temperamento e a personalidade do Malamute do Alasca

Quanto ao treinamento, essa raça adorável necessita de firmes treinamentos para poderem se tornarem equilibrados, onde isso tudo se deve pelo fato do Malamute do Alasca possuir um temperamento muito independente, o que implica em uma certa resistência em atender durante um adestramento.

Veja também – Samoieda: personalidade, cuidados e fotos da raça

Com isso, nesse caso, esse é um cachorro ideal para donos que já possuem experiência em relação a criação de animais, pois os donos que são principiantes podem apresentar problemas sérios ao tentarem treinar um Malamute do Alasca, uma vez que essa raça possui uma personalidade diferenciada, determinada, firme e dominante.

Sendo assim, esse cachorro pode acabar se aproveitando de qualquer fraqueza do seu dono para poder acabar controlando de forma hierárquica o lar, em que ao mesmo tempo, se for adestrado desde cedo, ele pode ser bastante carinhoso, brincalhão e leal, além de ser ainda amigável com estranhos e se tornar um companheiro para as famílias.

Quanto ao comportamento do Malamute do Alasca

O cão da raça Malamute do Alasca é extremamente ativo e, por isso, necessita de atividades físicas diárias, onde caso não sejam oferecidas corridas ou então outros tipos de atividades, eles podem apresentar um comportamento inadequado, como por exemplo, começar a cavar jardins.

Malamute do Alasca cachorros

Além disso, durante a realização de passeios, o cão pode puxar muito o seu dono, como se estivesse levando um trenó, e nesse sentido, é preciso que o dono treine o cachorro para que as caminhadas sejam bastante tranquilas.

Principais cuidados com o Malamute do Alasca

Antes de adquirir um Malamute do Alasca, é necessário que você se certifique quanto a saúde dos pais do cachorro, pois muitas doenças podem ser transmitidas de forma hereditária dos progenitores para as suas crias, como a doença da displasia dos quadris.

Além ainda desse tipo de doença, o cão dessa raça pode ainda apresentar problemas de saúde como doenças nos rins, hemeralopia, nanismo, perda de visão com luz forte, entre outras.

Curiosidades do Malamute do Alasca

É sempre necessário ter atenção no caso da alimentação, pois o Malamute do Alasca possui a fama de ser um assaltante de refeições, e esse cuidado deve também ser estendido quanto aos lixos onde existem restos de comida.

Além disso, os cachorros dessa raça podem viver em climas tropicais, não desenvolvendo uma pelagem densa e dupla, pois a necessidade de se proteger contra o frio é bem menor. E já no caso da expectativa de vida, ela é de dez a quatorze anos, onde se varia para mais ou menos, conforme o estilo de vida do cão.

Alguns dados sobre a raça

O Malamute do Alasca é um cachorro afetuoso e amigável, e caso você adote um, é preciso que saiba que é extremamente importante buscar educa-lo desde quando ele é filhote para evitar que quando ele crescer, ele se rebele contra as suas ordens e se manifeste de forma agressiva diante de outras pessoas e animais.

Por conta da sua natureza, quando ele se encontra com outros cachorros, rapidamente o cachorro se faz saber que deverão se submeter a sua liderança e, se algum dos cachorros pensar em desafiá-lo, ele não irá duvidar em demonstrar o seu poder.

Veja também – Grupos Caninos: O que é e quais são eles?

Além disso, esse é um cachorro com uma enorme energia e, por isso, necessita se exercitar diariamente, pois se ele não brincar, não correr e não mantiver ocupado, provavelmente acabará destroçando a maior parte dos objetos da sua casa.

Caso ele ainda se mostre afetuoso com as crianças, é importante que você fique de olho quanto as brincadeiras, pois, devido ao seu tamanho, ele pode acabar chegando a machucá-las.

Vale lembrar ainda que essa é uma raça que não late muito, porém, pode ser um excelente protetor do seu lar, pois como é um cão muito seguro de si mesmo, se caso for preciso, ele irá entrar diretamente em ação, pulando-se a etapa do latido.

Portanto, o Malamute do Alasca é considerado como o maior e o mais forte dos cachorros de trenó, não sendo um cachorro de um dono só, mas que necessita fazer parte de uma mantilha. Além disso, ele é leal, dedicado, afetuoso, amigável, brincalhão, companheiro, porém, de uma grande maturidade, sendo uma raça impressionante.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas