Você está aqui: Início » Cuidados » Inalação de fumaça por cães: cuidados e como proceder
Inalação de fumaça por cães

Inalação de fumaça por cães: cuidados e como proceder

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A inalação de fumaça por cães é uma situação extremamente perigosa, que pode comprometer a saúde do animal e arriscar a sua sobrevivência, inclusive, então todo cuidado é pouco.

É importante entender o que acontece no corpo do seu cachorro a partir do momento em que inala fumaça, e é fundamental compreender também o que você pode esperar ou fazer em uma situação dessas.

Veja também – Plantas venenosas para cachorro

Nós queremos te ajudar, e é por isso que a seguir vamos te dar algumas dicas de como ajudar o seu animal em um processo de inalação de fumaça por cães, para que ele fique bem! Confira!

Entenda que a inalação de fumaça por cães é uma emergência

Muita gente quando se trata de incêndio vai se preocupar com a queimadura externa ou com algum tipo de ferimento derivado da demolição do espaço, mas não é só por isso que a maior parte das pessoas morre quando passa por uma situação assim.

A esmagadora maioria dos óbitos relacionados a incêndio ocorre com a inalação da fumaça, que acaba tendo um efeito muito mais perigoso no organismo do que as próprias queimaduras, inclusive!

Isso acontece porque o fogo faz com que a fumaça se forme, e essa fumaça é cheia de elementos que são muito infecciosos ao nosso organismo. Entre eles nós podemos citar…

  • O acroleno;
  • O benzeno;
  • O formaldeído;
  • O monóxido de carbono;

Se é perigosa para o nosso organismo imagine então quão devastadora é a inalação de fumaça por cães no seu corpinho! Eles são obviamente muito mais frágeis do que nós e sem demora começam a apresentar uma mudança de cor nas gengivas, que mostra falta de oxigênio.

Veja também – Cão-guia: benefícios e curiosidades

Para evitar que o pior aconteça o tutor precisa socorrer o seu cão, garantindo que ele esteja seguro. Não adianta tentar verificar se ele está bem no meio da confusão, porque não vai funcionar. Depois é hora de correr para o veterinário de confiança, ou para algum que atenda nas proximidades.

Se você agir rápido vai evitar que a experiência acabe sendo fatal. A verdade é que normalmente se o tutor age corretamente o animal sobrevive sem nenhum problema, mas se ele ignora os perigos o animal pode morrer algumas horas ou dias demais, e em alguns casos o dono nem se dá conta do que de fato aconteceu!

Saiba como proceder no caso de inalação de fumaça por cães

Como falamos previamente se o seu cachorro inalar fumaça não dá para brincar ou fingir que não tem nada demais. Isso pode ser sim muito perigoso e é preciso agir! A seguir nós vamos te dar um passo a passo que vai ajudar, então não deixe de conferir:

  • Veja os sinais vitais do seu pet – Isso tem que ser feito em um lugar seguro, bem longe do local em que o incêndio ocorreu, primeiro pelo risco e depois pela fumaça, que ainda vai estar no ambiente. É necessário atentar-se para a sua respiração e batimentos cardíacos, a priori. Se ele não estiver respirando fazer uma respiração artificial pode ser fundamental, ou ainda fazer uma massagem de ressuscitação, no caso de os batimentos pararem;
  • Transporte o seu animal com todo o cuidado – Uma vez que os sinais vitais estiverem devidamente conferidos é hora de leva-lo para o veterinário. Nada de ir em casa pegar alguma coisa, ou de ligar para alguém para contar a experiência. Mesmo que ele esteja respirando e com o coração batendo é sabido que a fumaça está agindo no seu organismo, e se você não agir mais rápido o preço pode ser muito mais alto!

Você tem algumas opções para transportá-lo de uma maneira segura! Pode ser no cinto de segurança do carro, pode ser na cadeirinha para cachorro ou pode ser na caixa de transporte. Se você não tiver nenhuma dessas opções a mão leve-o no colo, embora essa opção não seja a ideal, uma vez que ele vai ficar eufórico e isso o fará respirar com ainda mais dificuldade;

  • Peça o ar-condicionado ligado – Isso não é bobagem ou luxo, muito pelo contrário! Seu cão está com dificuldade respiratória, ainda que ele não tenha apresentado esse sintoma claramente até então. É necessário sobre todas as coisas oferecer a ele um ar mais fresco, que vai ajudar a controlar a respiração e a sentir menos incômodo.

Além disso, a correria do incêndio certamente fez ele se agitar muito e sentir calor, então estar dentro de um local que parece mais confortável vai dar a ele sossego necessário para ir até o veterinário com segurança e tranquilidade;

  • Vá ao veterinário mais próximo – Na maioria das ocorrências relacionadas à saúde do animal é sempre melhor ir ao veterinário da sua estrita e total confiança, mas se ele está longe vá já no veterinário mais próximo.

Como já comentamos previamente a inalação de fumaça por cães é uma baita emergência médica que pode mata-lo em questão de minutos, então se você não for rápido pode acabar facilitando a não sobrevivência do seu melhor amigo, e com certeza não é um peso que quer carregar para o resto da sua vida;

  • Cuide de você também – Uma vez que seu cão estiver sob os cuidados do seu médico é hora de cuidar de você e ver se você está bem. É possível que você tenha se machucado e não reparou, e não é improvável que tenha inalado fumaça.

Tudo isso precisa ser cuidado, então essa é uma boa hora para ligar para alguém e pedir ajuda, para poder ir ao médico e ver como está seu corpo e organismo. Para que seu cão esteja saudável você também precisa estar, nunca se esqueça;

Como você pode ver a inalação de fumaça por cães pode matar e é uma emergência que tem que ser atendida o mais imediatamente possível, para o bem do seu melhor amigo! Não hesite e não pense duas vezes, apenas siga as nossas orientações e faça acontecer, porque assim o seu cãozinho vai sobreviver e vai ficar bem! Boa sorte na caminhada!


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas