Início » Raças de Cachorros » Husky Siberiano – Conheça tudo sobre a raça

Husky Siberiano – Conheça tudo sobre a raça

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Origem

O Husky Siberiano é uma raça originária da Sibéria, tendo sido levado para o Alaska no início do século XX, até se tornar muito popular na América, principalmente nos Estados Unidos e no Canadá – por isso é reconhecido como uma raça de criação norte-americana.

Foi em 1925 que esse lindo cão ganhou popularidade e reconhecimento mundial. Uma epidemia atingiu a população de uma pequena aldeia no Alaska, que não poderia receber os medicamentos, pois tempestades de neve impediam o pouso dos aviões no local. Na ocasião, 150 animais puxadores de trenó foram encarregados de fazer chegar os medicamentos, percorrendo uma enorme distância. Os cães que mais ajudaram nessa atividade foram os Huskies.

No Brasil, essa raça atingiu o ápice de popularidade em 1990, quando ficou entre as cinco raças mais registradas. Porém, essa popularidade também acarretou em problemas, já que muitas pessoas adquiriram filhotes apenas por achar bonitos, e depois se desfaziam dos cães, pois não podiam arcar com os cuidados que eles precisam.

Características físicas

O Husky Siberiano é um cão de porte médio – a altura dos machos varia de 53,5 a 60 cm, e das fêmeas entre 50,5 a 56 cm; eles podem pesar de 16 a 28 kg. São cães exuberantes tanto na aparência quanto na forma de andar. Seus pelos podem ser totalmente brancos, vermelho e branco, cinza e branco ou preto e branco – e são densos, macios e compridos. É um cachorro ágil, utilizado como cão de trenó em alguns países, sendo capaz também de suportar temperaturas muito baixas.

Personalidade

Além da beleza que encanta a todos, o Husky é um cão muito inteligente, ativo, independente e alerta. Porém, os cães dessa raça também são muito teimosos, e precisam de um líder humano bastante paciente, alguém que saiba impor regras, mas sem violência.

O Husky precisa de espaço e exercícios, pois é um cão cheio de energia. Quando estão se sentindo entediados, podem ter atitudes como cavar jardins, escapar por muros e portões e estragar os móveis de casa.

Portanto, antes de adquirir um Husky, as pessoas precisam analisar se realmente têm tempo e espaço para cuidar desse lindo cão. É um cachorro muito sociável, que adora a companhia dos donos, mais do que de outros cães. Eles são fiéis às pessoas da família, ativos e brincalhões. Não é recomendado criá-lo como cão de guarda, por gostar muito das pessoas.

Problemas de saúde comuns do Husky Siberiano

O Husky Siberiano é um cão saudável e não costuma ter muitos problemas de saúde. Os problemas de saúde mais comuns costumam ser nos olhos, como catarata, glaucoma, conjuntivite, atrofia progressiva da rotina e distrofia córnea. Podem viver de 11 a 15 anos de idade.

Como cuidar do seu cão

Para você que deseja criar essa linda raça, é preciso ter disposição para levá-lo para praticar exercícios físicos – todos os dias! Huskies são incansáveis e muito ativos, portanto, eles necessitam se exercitar para o bem de sua saúde.

Seus pelos densos necessitam de ao menos uma escovação por semana, para evitar que criem nós, e para retirar os pelos mortos. Geralmente os cães dessa raça são saudáveis e não apresentam muitos problemas de saúde, porém, é recomendável levá-lo ao veterinário de vez em quando, para checar se está tudo bem.

E nunca se esqueça – muito carinho, atenção, boa alimentação e troca constante da água são fundamentais para o seu cachorro ser saudável

Perguntas frequentes

1 – Husky Siberiano solta muito pelo?

O Husky solta muito pelo durante as mudanças climáticas, por isso é importante escová-lo frequentemente para remover os pelos mortos.

2 – É possível criá-lo em apartamento?

Sim, desde que sejam levados todos os dias para praticar exercícios, pelo menos duas vezes por dia. Caso isso não seja feito, ele poderá destruir algumas coisas em casa, principalmente objetos de madeira e plástico.

3 – Husky socializa bem com outros cães?

Sim, mas é preciso acostumá-lo desde filhote com a presença de outros cães. Porém, a convivência com outros animais menores, como pássaros e hamsters deve ser evitada, por causa de seu instinto de caça.

4 – Qual a freqüência dos banhos?

Os cães dessa raça não precisam de banhos freqüentes, pois não possuem cheiro forte. Banhos muito freqüentes podem fazer mal para a sua pele. Um banho mensal é o suficiente, e é importante secá-lo muito bem após o banho.

Quanto custa

Um filhote de Husky Siberiano pode custar entre R$ 1.200 a R$ 3.000, dependendo da linhagem. É recomendado comprar esses cães em canis especializados e desconfiar de preços muito abaixo do normal.

 


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas