Você está aqui: Início » Cuidados » Florais para cães

Florais para cães

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Desenvolvidos pelo médico britânico Edward Bach na década de 30, os remédios florais são derivados da homeopatia tradicional, e têm seu foco no combate a problemas comportamentais e emocionais. No caso dos florais para cães, existem diversas soluções para inúmeros problemas.

Como são bem menos agressivos do que a medicina tradicional, é cada vez mais comum ver mães e pais de pet utilizando tratamentos florais para os problemas comportamentais de seus cães, que vão de distúrbios mais simples, como latido excessivo, até casos graves como ansiedade, depressão e síndrome do abandono.

Tratamentos florais e como elas podem ajudar seu cãozinho

Como já foi dito antes, os tratamentos florais têm como foco melhorar e auxiliar os distúrbios emocionais do seu cão. Isso é feito através da mistura de sete das trinta e oito essências de Bach disponíveis.

Eles trabalham e balanceiam a energia do seu pet, e buscam manter o equilíbrio do campo energético e vibracional do corpo. Geralmente são administrados ao cãozinho de forma oral, diretamente ou diluídos no bebedouro, mas também existem em soluções tópicas, como sprays os aditivos para shampoos.

Alguns tratamentos são recomendados em conjunto, de forma complementar ao tratamento convencional, com remédios alopáticos, porém, no tratamento de problemas emocionais, como estresse e medo, os florais para cães têm sua eficácia é comprovada e são considerados parte importante do tratamento.

Tratamentos florais precisam de indicação veterinária?

Sim. Sempre consulte um médico veterinário antes de ministrar qualquer tipo de medicação para seu bichinho, sejam eles tradicionais ou não, e isso não é exceção para os florais para cães.

O único profissional que consegue garantir a eficácia do tratamento, seja ele em conjunto com medicamentos alopáticos ou homeopáticos, são os médicos veterinários. Procurar um profissional capacitado é uma das maiores formas de demonstrar amor pelo seu pet.

Existem medicamentos florais diferenciados para machos ou fêmeas?

Existem alguns florais para lidar com os sintomas de problemas específicos, como gravidez psicológica, ou alívio para o cio, que são específicos para fêmeas, e outros que ajudam na marcação de território, por exemplo, que são mais indicados para machos.

No entanto, mesmo que machos e fêmeas possuam características comportamentais diferentes, os florais para cães costumam agir da mesma forma, independente do sexo do animal.

Também é possível que, como os florais são receitados com base no comportamento dos animais, o médico recomende florais diferentes para cães diferentes com o mesmo problema.

A raça do meu pet pode influenciar no floral receitado?

Como cada raça de cãozinho tem suas características físicas, biológicas e comportamentais, é possível que um floral seja mais indicado para, digamos, um pastor alemão, e menos indicado para um collie.

Tudo se resume ao comportamento do seu cachorro, se ele está agindo de forma coerente com a raça, se sua personalidade mudou drasticamente em um curto período de tempo, se ele ficou mais agressivo, amuado ou carente, por exemplo, repentinamente.

Porém, também é possível utilizar os florais para cães para amenizar comportamentos mais característicos de certas raças, como, por exemplo, o quão protetor um dobermann é do seu território.

Os florais podem ter reações adversas?

Normalmente não. O organismo dos nossos cãezinhos está acostumado com plantas, flores e folhas, e elas não costumam gerar reações negativas ou alérgicas quando ingeridas.

No caso dos florais, como são compostos da essência extraída de flores, é muito difícil um animal apresentar algum efeito colateral negativo. Porém, devemos sempre estar atentos e acompanhar o tratamento com atenção.

A melhor maneira de ajudar seu cão, é buscando a fonte do problema

Agressividade e medo são os problemas mais comuns nos cães, e geralmente, as pessoas buscam por florais para combatê-los. Porém, combater o sintoma não é a maneira certa de enfrentar esses problemas.

Sempre devemos buscar a causa, juntamente do combate ao sintoma. Se o seu cão, por exemplo, fica muito agressivo quando você toca na sua pata, ou em outro lugar do seu corpo, ele pode estar com algum problema, e o melhor que você pode fazer por ele é procurar um médico veterinário.

Um exemplo clássico, também, é quando seu cachorro está fazendo xixi onde não deve. Pode ser que ele só esteja querendo demarcar território (e existe um floral que pode ajudar nisso), mas também pode ser algum problema mais sério, físico ou psicológico.

Independente da situação, buscar um médico veterinário qualificado é sempre a melhor opção, e a maior demonstração de amor que você pode dar ao seu bichinho.

Quais as opções de florais para cães?

As principais opções de florais para cães são:

  • Acalypha reptans: Ajuda a combater o sentimento de desamparo, o sentimento de rejeição e abandono e auxilia com a carência afetiva.
  • Catharanthus roseus: Combate a ansiedade, ajuda com o nervosismo e regula o apetite.
  • Cassia spectabilis: Ajuda com a rebeldia e mau-comportamento, é focado na desobediência.
  • Coreopsis lanceolata: Trata a dor profunda, auxilia com o sentimento de perda, e combate o desespero.
  • Cinnamomun comphora: Trata o medo, o desespero e o pânico.
  • Viburnum tinus L.: Auxilia o animal tratando a desarmonia profunda, ajuda sintomas de medo, agressividade, irritação, depressão, entre outros.

Por quê utilizar florais para cães?

Como são naturais, não há contraindicações para o uso de florais nos cachorros. De filhotes a cães idosos, os florais podem ser utilizados em qualquer animalzinho, desde que tenha sido recomendado por um veterinário.

Lembre-se de sempre ficar atento à saúde e ao comportamento do seu pet, pois eles são como crianças que não conseguem se comunicar com palavras, e isso faz com que seus atos sejam a forma de pedir ajuda.

Busque sempre um profissional qualificado caso note algo estranho com seu cachorro, seja uma mudança de comportamento mais sutil ou brusca, ou algo físico, como manchas ou queda de pelo. Sempre esteja atento à saúde do seu cãozinho e busque sempre fazer o melhor para ele.

Caso o profissional que você consultou indique o uso de florais para cães para a tentativa de um primeiro controle do comportamento, ministre conforme prescrito.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas