Você está aqui: Início » Doenças » Diarreia em cachorros: causas, sintomas e tratamento

Diarreia em cachorros: causas, sintomas e tratamento

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A diarreia em cachorros pode ser causada por uma série de doenças e enfermidades – algumas mais graves que outras.

Ela é definida como uma liberação frequente de fezes líquidas que é expelida do intestino e frequentemente causada por uma doença ou doença subjacente.

Veja também – Intolerância alimentar em cães

Antes de entrarmos em detalhes sobre as causas da diarreia em cachorros, precisamos saber quantas fezes são liberadas diariamente por um cão ou filhote saudável.

Saiba mais sobre a diarreia em cachorros

Embora alguns cães possam fazer cocô uma ou duas vezes por dia, não é incomum que alguns cães o façam até quatro vezes por dia. Filhotes mais novos podem defecar até seis vezes por dia!

Abaixo está um guia para que você saiba a quantidade média de fezes passadas por raças pequenas, médias e maiores diariamente:

  • Raças Menores – 70g de cocô.
  • Raças de tamanho médio – 190g de cocô.
  • Raças de tamanho grande – 500g de cocô.

Assim como nos humanos, a cor das fezes de um cachorro ou filhote pode variar dependendo do que eles comeram.

Por exemplo, se um cachorro ou filhote for alimentado com carne crua, as fezes serão mais escuras. Se carne branca for oferecida ao cão (como frango ou peru), as fezes ficarão mais pálidas.

Veja também – Alimentação para filhotes: Qual a comida adequada?

Também é possível que as fezes dos cães contenham sangue. Qualquer sinal de sangue pode ser um sinal de um sério problema de saúde, como parvo virose ou gastroenterite hemorrágica.

O sangue do estômago, do intestino delgado e da parte posterior da garganta também pode ser transmitido nas fezes de um cão, por vezes, fazendo com que as fezes pareçam pretas.

É muito importante que você fale com o seu veterinário se as fezes do seu cão estiverem particularmente mal cheirosas, cobertas de muco e / ou se o seu cachorro estiver liberando fezes aquosas incontrolavelmente.

Finalmente, é claro que qualquer sinal de sangue no cocô deve ser motivo de preocupação para os donos de cachorros. Busque um profissional.

Causas de diarreia de cachorro – Parvo

A Parvo é uma diarreia viral muito contagiosa em filhotes jovens e não vacinados. O parvo vírus ataca rapidamente as células em divisão, como as que revestem os intestinos e as que combatem as infecções.

Portanto, a parvo não só causa diarreia grave e sanguinolenta, como também torna os filhotes suscetíveis a infecções bacterianas.

A diarreia causada por parvo é muitas vezes profunda e debilitante, exigindo internação em terapia intensiva.

Não tratada, a sobrevivência do parvo é inferior a 25%. Com cuidados veterinários intensivos, incluindo vários dias de cuidados intensivos, medicamentos antivirais, antibióticos e fluidos, a sobrevivência pode chegar a 75%.

A Parvo é facilmente evitada com uma série de vacinas baratas e muito eficazes.

O filhote bebe o leite de sua mãe dentro das primeiras 12-24 horas após o nascimento e recebe uma dose de anticorpos que o protege contra parvo durante os primeiros 2-3 meses de vida.

A partir das 6-8 semanas, a vacina para parvo deve ser dada, intensificando-se a vacina a cada 3 semanas até que o cão tenha pelo menos 12-16 semanas de idade.

Causas da diarreia em cachorros – vermes

Parasitas intestinais veterinários comuns incluem lombrigas, ancilostomídeos, tênias, Giárdia e coccicia.

Todos estes podem ser detectados através da triagem de rotina de uma amostra de fezes e, por isso, é extremamente importante que você aposte em fazer sempre uma consulta e análise em seu animal.

Veja também – Vermes em cachorros: sintomas, cuidados e como tratar

Causas da diarreia em cachorros – lixo, intoxicação alimentar e estresse

Estresse em cães – seja por ansiedade, ou muita excitação, seja bom estresse ou mau estresse – provoca uma mudança nas bactérias intestinais normais, ou “flora normal” no intestino.

As alterações da flora bacteriana do estresse são essencialmente as mesmas causadas por intoxicação alimentar, incluindo Salmonela e E. coli em cães.

Todo animal, todo ser humano, todo cachorro, tem uma tonelada de bactérias intestinais em seu intestino o tempo todo.

Essas bactérias estão intimamente envolvidas na digestão e absorção de nossos alimentos.

Veja também – Alimentação Natural para cachorros: benefícios e cardápio

No caso dos cães, especialmente, quando as bactérias intestinais se acostumam a digerir uma determinada marca de ração, qualquer mudança no que você alimenta essas bactérias pode causar diarreia e uma mudança na população bacteriana.

Quando a população de bactérias muda, um cão pode não ser capaz de digerir adequadamente a mesma dieta que costumava digerir.

A diarreia de um turno bacteriano intestinal pode durar dias ou até semanas.

Veterinários definem a flora intestinal normal em cães com três etapas:

  • Antibióticos – que permanecem no intestino eliminando bactérias inadequadas;
  • Probióticos – que repovoam o intestino com bactérias amigáveis;
  • Prescrição alimentar intestinal – que as bactérias pro bióticas acima podem digerir facilmente.

Remédios caseiros naturais para a diarreia em cachorros

Confira formas naturais de conter a diarreia em cachorros até que um profissional responsável possa analisar seu animal:

  • Antibióticos – são medicamentos prescritos e devem ser obtidos com seu veterinário. Não tente encomendar antibióticos online.
  • Probióticos – às vezes podem ser adquiridos em lojas de animais, mas são frequentemente menos eficazes do que os suplementos veterinários que usam cepas proprietárias de bactérias.

Muitas pessoas recomendam iogurte para a diarreia em cachorros, mas a bactéria Acidophilus, boa para a digestão humana e encontrada no iogurte humano, não é a melhor bactéria para a digestão do cão.

Os pro bióticos veterinários são mais eficazes e contêm outras bactérias, como o Enterococcus faecium encontrado na Fortiflora, ou o Bifidobacterium animalis encontrado na Prostora Max Canine.

Dieta branda para a diarreia em cachorros

A maioria dos veterinários irá recomendar uma dieta muito comum, consistindo de arroz cozido e uma proteína livre de gordura como queijo cottage, peito de frango desossado sem pele cozida, ou carne bovina cozida 95% de gordura livre.

Quando você deve levar um cachorro com diarreia ao veterinário?

Ótima pergunta! Idealmente, você deve pelo menos telefonar para seu veterinário para notificá-lo imediatamente do problema do seu cão, mesmo que você não tenha a intenção de apressar uma consulta.

Sendo assim, ele poderá documentar o problema, acompanhar sua frequência e orientá-lo com conselhos personalizados. Cuida da diarreia em cachorros com responsabilidade!


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas