Início » Cuidados » Coprofagia: O que é e como tratar

Coprofagia: O que é e como tratar

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Coprofagia é o nome que se dá para o distúrbio que faz com que os cachorros comam fezes. Existem várias hipóteses para o que pode causar a coprofagia em cachorros e, uma vez que ela tenha se tornado um hábito, é difícil de fazer o animal parar.

Para prevenir a coprofagia no seu cachorro, o mais importante é estar ciente dos fatores que podem causá-la e evitá-los da melhor forma possível. Se não fora evitada, existem medidas a serem tomadas ao longo do tempo que ajudam a fazer com que o seu cachorro quebre o hábito de comer fezes próprias, ou até mesmo de outros animais.

coprofagia-cachorro-come-coco

Afinal, o que faz com que os cachorros comam as próprias fezes?

Entre os principais causadores desse distúrbio estão o estresse e a ansiedade. Alguma mudança brusca na rotina do seu cachorro que tenha o deixado estressado, pode desencadear um quadro de coprofagia.

Da mesma forma, cachorros que foram punidos pelos seus donos por defecarem em um local inapropriado, podem associar que toda e quaisquer fezes sejam algo negativo e, na intenção de escondê-las dos seus donos, passam a comê-las.

A coprofagia em alguns casos pode começar bastante cedo. Quando ainda são filhotes, cachorros têm o costume de morder e provar o gosto de qualquer coisa. Nessa brincadeira de descobrimento, o filhote pode começar um hábito de comer fezes que o persegue por toda a vida.

Fêmeas que deram cria recentemente também podem passar a comer as fazes dos seus filhotes, em um costume hereditário de esconder os mesmos de predadores. E existem casos de coprofagia, também, em que os cachorros comem as próprias fezes simplesmente porque gostam do sabor.

Quais são os riscos da coprofagia?

Uma grande variedade de parasitas podem ser transmitidos pela coprofagia. Por isso, cachorros que apresentam esse distúrbio devem ter suas fezes analisadas com frequência, uma vez que é nelas que os primeiros indícios de parasitas no organismo dos animais irão aparecer.

Como tratar a coprofagia?

Quanto mais cedo for identificado, mas fácil é quebrar o hábito do cachorro em comer fezes próprias ou de outros animais. A maneira mais simples de prevenção e tratamento é manter o ambiente em que o cachorro vive, livre de fezes. Isso é conquistado com a limpeza frequente e imediata do local após o cachorro defecar, não dando chances para a coprofagia ser desenvolvida pelo animal.

Outra maneira simples de evitar e cuidar desse problema é o aumento na porção da comida, ou frequência com que seu cachorro é alimentado. Além disso, manter o ambiente em que ele vive mais interessante, com várias opções de brinquedos diferentes para ele se distrair, podem ser uma boa saída.

Em casos mais graves, existem produtos que podem ser colocados na comida do cachorro que fazem com que suas fezes tenham um gosto bastante ruim, fazendo com que o cachorro perca o interesse em comê-las.

Seu veterinário também pode ajudar em indicar algum alimento que possa ser inserido na dieta do seu cachorro que previne a coprofagia.

Por fim, nos casos em que a coprofagia é causada por estresse ou ansiedade, uma mudança na rotina do animal pode ajudar a melhorar o quadro da doença. A tentativa de amenizar o que está causando o estresse no animal é um ótimo lugar para começar.

Nos casos de ansiedade mais aguda, talvez seja necessário o uso de medicamentos para o cachorro se manter calmo.

O mais importante é prestar atenção no seu cachorro para identificar a coprofagia logo no seu início, o que facilita a quebra de hábito com o tratamento que for mais adequado à situação. Evite xingar ou punir o seu cachorro por comer fezes, essa reação pode apenas reforçar ainda mais o seu caso de coprofagia.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Fazer Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Acompanhe nossas dicas