Você está aqui: Início » Raças de Cachorros » Cão de Santo Humberto (Bloodhound): saiba tudo sobre a raça

Cão de Santo Humberto (Bloodhound): saiba tudo sobre a raça

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Bloodhound, um cão com mais de 1000 anos de idade, é uma das mais antigas raças Hound do mundo.

Acredita-se que a raça foi aperfeiçoada pelos monges de St. Hubert na Bélgica e depois levada pelos normandos para a Inglaterra. Acredita-se ser derivado do velho St Hubert e Talbot Hounds.

Veja também – Cão Pelado Peruano (Inca Orchid): saiba tudo sobre a raça

O nome do Bloodhound foi derivado da expressão blooded hound, mas ele também é chamado de Cão de Santo Humberto.

O Bloodhound prospera na fuga, ao invés de matar, e tem sido usado para rastrear animais, criminosos e pessoas perdidas. Saiba mais sobre essa raça!

O que saber sobre o Bloodhound?

O Bloodhound é amplamente usado ​​por agências policiais e até mesmo pelo FBI para busca e resgate, rastreamento de criminosos e identificação em formação de policiais.

Ele é conhecido por ser extremamente carinhoso, gentil e leal. São um dos cães mais amorosos e leais, que vão fazer você rir, inclusive, com suas palhaçadas desajeitadas.

Esses cães de confiança se dão maravilhosamente bem com outros animais e crianças.

O Bloodhound é uma raça particularmente social e pode viver em harmonia com outros cães, pessoas ou animais. Porém, é muito importante estabelecer regras cedo e cumpri-las.

Alerta e confiante

Esta raça se mostra um grande cão de guarda, mas pode ser um pouco preguiçoso às vezes, especialmente se isso lhes convém.

Se eles estão acordados e alertas, eles sempre apontarão um visitante inesperado ou algo que não esteja certo.

Mas se eles estão dormindo, esqueça; Eles não conseguirão ouvir nada acima do ronco deles, que é alto.

Alguns Bloodhound, no entanto, podem ser bastante protetores de seus espaços domésticos e proprietários, sendo importante apostar no treinamento de comportamento no caso dessa não ser sua intenção.

Veja também – Coonhound: Saiba tudo sobre a raça

Esta raça ama o companheirismo humano e prospera na atenção. O Bloodhound não se adapta bem à vida solitária em um quintal e prefere estar dentro de casa, com a família.

Ele requer, para obter o máximo de conforto possível um pátio de tamanho médio que seja totalmente vedado, bem como uma caminhada diária.

Cão de Santo Humberto (Bloodhound) filhotes

Os criadores recomendam restringir o exercício a caminhadas curtas durante os primeiros nove a 12 meses da vida de um Bloodhound, para permitir que seus ossos grandes se formem.

Por causa da natureza obstinada dos Bloodhounds e seu amor por usar o nariz, é importante mantê-lo em uma área totalmente fechada a todos os momentos, bem como na coleira enquanto caminha.

Uma vez que eles rastreiem algo, pararão de prestar atenção a tudo em volta e se focarão apenas nele, podendo até mesmo acabarem se machucando ou sendo atropelados. Tenha cuidado sempre!

Inteligência do Bloodhound

O Cão de Santo Humberto é muito inteligente e está sempre ansioso para agradar, mas pode ser teimoso às vezes. Alguns diriam que o treinamento é um desafio, mas com consistência e perseverança, isso pode ser feito.

Depende, realmente, da quantidade de esforço que o dono faz para isso. Sem treinamento, o Bloodhound seguirá seus instintos naturais, que podem ser complicados para algumas famílias.

Cão de Santo Humberto (Bloodhound)

Com um reforço positivo e uma recompensa alimentar especial, instruções básicas, como sentar-se para as refeições ou caminhar gentilmente pela liderança, serão aprendidas rapidamente.

Como dito, Bloodhounds podem ser teimosos e muito desobedientes – uma vez que esta raça reteve as verdadeiras características do Hound dos caçadores, e toma suas próprias decisões.

Ao mesmo tempo, eles são cães incrivelmente sensíveis. Eles precisam de manuseio firme, justo e consistente, mas também de manuseio suave. Eles realmente são uma raça única.

Higiene e genética

Os Bloodhounds são conhecidos como um tipo de cão simples de cuidar, com seu pelo liso e curto que só pede uma lavagem de vez em quando. Uma escovação semanal e com luvas ajudará a tirar qualquer pelo morto.

No entanto, olhos e ouvidos devem ser verificados diariamente e limpos, se necessário.

O Cão de Santo Humberto é geralmente uma raça robusta e saudável, mas pode sofrer de displasia do quadril e do cotovelo, câncer, entrópio e ectrópio, embora os criadores responsáveis ​​testem todas essas condições e cruzem apenas os animais que acreditam que retornarão bons resultados.

A maioria dos criadores dedica tempo para estudar as linhagens com a intenção de eventualmente tirar esses problemas fora de suas linhas.

Manutenção e Treinamento do Bloodhound

Apesar de gostar de ficar dentro de casa, o Bloodhound é um animal de estimação ideal para casas com quintais enormes ou fazendas e não é adequado para um estilo constante de vida dentro de um apartamento.

O Bloodhound muitas vezes pode ser controlado pelo seu dom olfativo, e seu impulso para seguir um perfume superará qualquer treinamento ou conhecimento de perigo que ele possa enfrentar.

Uma vez que a perseguição baseada em perfumes assume o controle, ele pode ficar descontrolado, por isso o treinamento de coleira é necessário desde o início.

Veja também – Otterhound: Saiba tudo sobre a raça

Um Cão de Santo Humberto precisa de longas caminhadas e pode caminhar por muitos quilômetros. Esta é definitivamente uma raça para pessoas que gostam de exercício.

Como um filhote, o Bloodhound é curioso e clamoroso, e o treinamento em caixas é sempre recomendado para ajudar, bem como para evitar que seus pertences sejam destruídos.

Quando se trata de treinamento, um Bloodhound é muito inteligente e sensível ao ensinamento gentil, bem como à correção.

Ele também pode ter uma atitude um pouco astuta e procurar ganhar algo fora do treinamento, então o reforço positivo funciona muito bem para ele.

As sessões de treinamento mais eficazes são curtas – talvez de 15 a 20 minutos – e devem terminar com uma nota positiva, quando o cão tiver feito algo louvável.

Conclusão

Donos que gostam de se movimentar, que tem tempo para se dedicar a um filhote teimoso e fofo e que tenham espaço para o conforto de seu melhor amigo, certamente devem apostar nessa raça.

O Bloodhound é um excelente companheiro para você e para toda a sua família, então aposte nele buscando locais que prezem por linhagens de qualidade e com criadores que trabalhem com responsabilidade animal.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas