Início » Cuidados » Cachorro triste: sinais, causas e tratamentos para depressão em cachorros

Cachorro triste: sinais, causas e tratamentos para depressão em cachorros

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Assim como as pessoas, os cachorros também podem ficar depressivos. Isso pode acontecer por uma série de razões, normalmente por causa de alguma mudança drástica na vida dos caninos.

É bastante comum, nesses períodos de mudança, que os cachorros fiquem depressivos até aceitarem a viver com a mudança, e não são muitos os casos de cachorros que ficam depressivos por longos períodos de tempo.

É importante ter conhecimento sobre esses problemas, para ter certeza de que seu cachorro não precisa de ajuda profissional para superar esses períodos.

Beautiful Pug

Quais são os sinais de depressão nos cachorros?

Os sintomas da depressão nos cachorros são, na verdade, muito semelhante aos das pessoas. Para começar, cachorros depressivos passam a se tornar muito ausentes, parando de interagir com os seus donos e com outros mascotes da casa.

Outra mudança de comportamento em cachorros tristes é sua falta de interesse em atividades que costumava amar antes, como brincar ou passear, além de demonstrar menos energia quando está caminhando.

Mudanças de hábitos são frequentes em cachorros depressivos. Para começar, esses animais podem mostrar mudanças na sua alimentação: enquanto alguns cachorros podem passar a comer menos e perder muito peso, outros podem começar a comer demais, acabando por ficar acima do peso ideal.

Além disso, cachorros podem demonstrar mudanças no seu horário de sono. Assim como nas mudanças de apetite, alguns cachorros podem passar a dormir pela maior parte do dia, enquanto outros tornam-se mais inquietos e começam a ter dificuldades para pegar no sono.

O que causa a depressão nos cachorros?

As maiores causas de depressão nos cachorros são reações a alguma mudança drástica no ambiente ou dia a dia do cão. A chegada de um novo animal de estimação, ou até mesmo de um bebê, pode fazer com que o cachorro não se sinta desejado, já que o recém-chegado estará recebendo mais atenção do que ele, o que pode deixar o cachorro triste.

Outras mudanças podem ser também o fim do verão. Com o fim das férias e o começo das aulas, os cachorros passam pela mudança de não ter crianças em casa o dia inteiro para brincar com eles e ficarem depressivos com saudades dos seus amigos. Isso pode acontecer também com mudanças de horário no dia a dia do seu dono, ou quando alguém que visitava a casa frequentemente para de aparecer.

A maior causa de depressão em cachorros, porém, é a morte de outro animal de estimação ou de um dos seus donos. Além de sentir falta daquele que partiu, o cachorro percebe que seus demais donos também estão tristes com a falta da outra pessoa, e corresponde com o mesmo luto que percebe. Outra possibilidade é, também, que o cachorro não está recebendo a mesma atenção que aquele que partiu costumava dar a ele, e isso o está deixando ansioso.

Como ajudar meu cachorro a ficar melhor?

A maioria dos cachorros se anima após alguns dias de maior engajamento por parte dos seus donos. Dê mais atenção ao seu animal, brinque e passeie mais com ele e incentive comportamentos positivos e alegres vindo dele, deixe-o saber que você gosta de vê-lo feliz.

No caso de morte de um dono ou outro animal de estimação, normalmente a introdução de outro mascote na casa já pode ajudar o seu cachorro a se animar com a nova companhia.

Caso o seu cachorro não melhore com o passar do tempo, talvez seja melhor você procurar ajuda médica, seu veterinário pode sugerir algum antidepressivo mais adequado para fazer com que o seu cachorro fique mais feliz.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Fazer Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Acompanhe nossas dicas