Você está aqui: Início » Cuidados » Deixar seu cachorro sozinho em casa

Deixar seu cachorro sozinho em casa

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Se você é o mais recente tutor de um cãozinho, provavelmente já sabe que pode ser difícil deixar seu cachorro sozinho. Entretanto, por mais que você deseje que seu cão esteja sempre com você, é inevitável ter de deixa-lo sozinho por algum período de tempo.

Algumas situações sociais como trabalhar, ir à faculdade, a academia ou até mesmo a um restaurante requerem que você deixe o cão em casa. Nesse texto, vamos tirar algumas dúvidas comuns e dar algumas dicas para como tornar esse momento menos difícil, tanto para você quanto para ele.

Cuidados com as necessidades básicas

Mesmo que o seu cão não se importe de ficar sozinho em casa, os cães precisam de intervalos regulares para o uso do banheiro, e isso é uma coisa importante a se considerar ao decidir deixa-lo sozinho.

Geralmente, os filhotes mais novinhos precisam urinar com mais frequência. Por exemplo, um filhote com três meses de idade precisa fazer xixi a cada três horas. Já os cães adultos podem esperar entre seis e oito horas nas pausas para urinar, enquanto cães idosos podem precisar de um intervalo de xixi a cada duas ou seis horas.

Naturalmente, as estimativas acima variam de acordo com o tamanho, a saúde e os hábitos de um cão. Entretanto, é importante ressaltar que qualquer cão forçado a segurar a urina por muito tempo corre risco de apresentar infecção do trato urinário, e o aparecimento de pedras ou cristais na bexiga. Portanto, é algo que deve ser evitado.

Além disso, segurar a urina por muito tempo é simplesmente desconfortável, e por isso, o seu cãozinho pode acabar se aliviando em lugares inapropriados e que você gostaria de evitar.

Uma alternativa é incorporar o uso do tapete higiênico. O material do tapete higiênico neutraliza o odor do xixi, pois o absorvem muito rapidamente, e também não deixam que o cão suje as patinhas e saia espalhando a urina por toda a casa.

Procure alguém que possa te ajudar enquanto estiver fora

Caso você considere que precisa passar muito tempo fora de casa e que isso não vai ser bom para o seu cão, você pode pedir a um amigo para ajuda-lo enquanto estiver fora. Se essa não for uma opção viável e você tiver condições de desembolsar algum dinheiro, você pode ainda contratar alguém para ajudar na tarefa.

Se você sai de manhã, não almoça em casa e volta apenas a noite, talvez seja uma boa ideia ter uma pessoa para passear com seu cachorro durante esse intervalo e verificar se está tudo em ordem. Atualmente, com o acesso a internet, ficou muito fácil encontrar alguém que possa fazer isso por você.

Existem diversos aplicativos voltados exclusivamente para intermediar a relação entre os donos dos cães e os passeadores de cachorros na sua região. Alguns são gratuitos e outros pagos, mas são bastante confiáveis e por isso, uma ótima alternativa.

Lembre-se que os cães são animais sociais e precisam de exercício mesmo que seja apenas passando por outras pessoas na rua.

Cuidados antes de sair

Para que seu cão fique confortável enquanto você estiver fora, é preciso que você tenha alguns cuidados na rotina antes de sair:

  • Alimentação

Um ponto importante é estar atento com a alimentação e hidratação do animalzinho. Antes de sair certifique-se que há ração e água suficiente nos potinhos para todo o tempo que você irá permanecer fora. Uma boa alternativa é utilizar comedouros e bebedouros específicos para os pets. Eles evitam a bagunça e também são muito mais higiênicos.

  • Distração

Da mesma forma que você procura por estímulos para não ficar entediado, seu cão também precisa se distrair. Felizmente, existem muitos brinquedos diferentes para cães no mercado.

Se seu cão sofre de ansiedade de separação, busque os brinquedos que permitem que você possa inserir petiscos no seu interior. Eles são a melhor escolha para ensiná-los a ficarem sozinhos para mantê-los distraídos por mais tempo. Além disso, esses brinquedos estimulam a curiosidade e inteligência.

  • Rotina

Os cães se adaptam a rotina, portanto, se for possível, organize seus horários antes de sair. Saia de casa depois que o cão tenha andado, se exercitado e se alimentado: então, ele ficará satisfeito e cansado e provavelmente só irá dormir.

Procure não fazer gestos de saudações ou despedidas antes de ir. Se o seu cão associar certas palavras ou gestos a sua partida, ficará tenso de antemão.

  • Crie um local seguro

Crie um abrigo ou ambiente seguro onde seu cão possa sentir-se protegido e confortável. Embora pareça simples, um local íntimo e protegido fará com que ele se sinta melhor.

  • Considere um companheiro

Considere adotar um segundo cachorro. A verdade é que um par de cães pode se amar muito e manter a companhia um do outro, aliviando o estresse. Vá para o abrigo com seu cachorro para ver se ele faz amizade com outro.

  • Mantenha um som ambiente

Se sua casa se localizar em um local muito silencioso, algum som ambiente pode ajudar seu cão a se manter calmo e distrai-lo em alguns momentos, fazendo com que não se sinta sozinho.

Pode ser apenas manter a televisão ligada, nem que seja apenas por algumas horas. Você pode programa-la para desligar automaticamente após certo intervalo de tempo.

Embora não exista uma regra definitiva sobre quanto tempo você pode deixar seu cachorro sozinho, se você garantir que todas as suas necessidades mentais e físicas sejam satisfeitas antes de você sair, eles ficarão bem.

Estas são apenas algumas dicas gerais, e você provavelmente conhecerá melhor o seu cão do que qualquer outra pessoa. Armado com as informações sobre o horário e a personalidade do seu cão, você pode tomar uma decisão mais acertada acerca do tempo máximo para manter seu cachorro sozinho e de suas necessidades básicas.

Não se sinta culpado de deixar seu cachorro sozinho em casa, isso é natural e não te faz um tutor ruim, basta tomar os cuidados necessários que tudo ficará bem! Se o seu cão está satisfeito, ficar em casa sozinho não será um grande problema.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas