Você está aqui: Início » Doenças » Cachorro salivando – O que pode ser?

Cachorro salivando – O que pode ser?

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
    1
    Share

Nós sempre nos preocupamos muito com o bem-estar dos nossos melhores amigos, mas às vezes os sinais de problemas se dão e nem consideramos os perigos que eles podem significar. O cachorro salivando demais, por exemplo, é um desses sintomas que para muita gente pode dizer nada, mas que em certos contextos deve trazer alguma preocupação!

É fato que muitas vezes não nos atentamos para a possibilidade de haver alguma doença ou perigo e acabamos não prestando assistência devida na hora que devíamos, mas o fato é que quanto melhor informados estivermos sobre a saúde dos nossos animais mais fácil vai ser reverter o que quer que surja de preocupante.

Assim sendo, a seguir nós vamos falar sobre o cachorro salivando demais e o que isso pode querer dizer a você! Vem dar uma conferida nas informações que separamos e se surpreender com cada uma delas!

Entenda o que pode estar por trás do seu cachorro salivando demais

Quando um tutor vê o seu cachorro salivando demais pode pensar que esse não é um problema para se preocupar necessariamente. Outros já se incomodam com a sujeira que esse comportamento faz, mas alguns (talvez a minoria) pode acabar entrando em estado de alerta, pensando no que isso pode significar a curto, médio e longo prazo!

É interessante compreender o seguinte: algumas raças naturalmente babam mais que as outras, e isso tem a ver muito com a sua fisiologia. Um exemplo é o São Bernardo, que ficou muito famoso graças a série de filmes “Beethoven”!

Ainda assim, essa não é a realidade de todos os cães, e se você sabe que o seu bicho não costuma babar muito deve ficar em alerta quando isso começa a acontecer sem parar.

Em alguns casos o problema pode ser pequeno e facilmente tratável, mas há situações em que o cachorro salivando muito pode significar que há um grave problema de saúde acontecendo. A seguir nós vamos apontar as possibilidades mais recorrentes, para você ficar de olho:

  • A torção gástrica – O seu cachorro pode estar salivando em excesso porque sofreu uma torceu gástrica, por exemplo. Caso você não saiba muito sobre essa condição, explicamos: trata-se da dilatação exagerada do estômago, que depois acaba girando em torno de si mesmo, obrigando o alimento a ficar preso dentro do órgão.

Isso faz com que o animal não seja mais capaz de se alimentar direito, e entre os sintomas da condição podemos elencar a dificuldade para evacuar e a ânsia de vomitar que não termina em vômito, e se traduz em excesso de baba. Vale dizer que esse é um problema de saúde sério, que pode prejudicar demais a vida do seu animal;

  • A gengivite ou a doença periodontal – Caso você não saiba, a gengivite nada mais é do que o acúmulo de placa bacteriana nos dentes do seu animal, que quando não é tratada da forma correta acaba evoluindo para a doença periodontal.

Nesse tipo de quadro o seu cão sente dor nos dentes e acaba tendo muita dificuldade para mastigar, o que atrapalha na sua alimentação, inclusive. O cachorro salivando em excesso acaba sendo nessa situação uma tentativa do seu próprio corpo de fazer uma limpeza na área bucal, que nem sempre vai dar os resultados esperados, claro;

  • A raiva – Infelizmente essa zoonose em questão se mostra até hoje como uma doença incurável, e pode inclusive ser transmitida para nós, seres humanos.

Vale dizer que a salivação excessiva está longe de ser o único sintoma da raiva, que vem acompanhada de agressividade anormal, falta de vontade de se alimentar, agitação absurda e uma série de convulsões. O diagnóstico precoce é fundamental para que os outros animais e as pessoas da casa não fiquem doentes e a boa notícia é que se trata de uma condição que pode ser evitada com vacinas;

  • As questões psicológicas – Em alguns casos o cão baba excessivamente porque está sofrendo de sentimentos como o medo, o nervoso e a ansiedade, por exemplo, que mudam o seu comportamento. O excesso de saliva é, em muitos casos, uma resposta do corpo a esse tipo de sensação que o seu animal está apresentando;
  • O objeto estranho na boca – A curiosidade do seu cão pode fazer com que ele coloca na boca eventualmente alguma coisa que não deve. Não é raro, inclusive, que esses objetos fiquem presos entre os seus dentes, ou em outras áreas de seu corpo como a gengiva, a garganta e até mesmo o estômago.

Os pedaços de madeira, de plástico, de osso podem acabar causando algum tipo de obstrução, e é comum que por isso você veja o cachorro salivando demais, como uma resposta de defesa do organismo para tentar resolver o problema em questão de uma vez por todas;

  • O envenenamento – A raiva vai fazer o seu cão salivar, e é uma doença que mata, e o envenenamento é outro motivo para ele babar demais que também pode leva-lo ao óbito, infelizmente.

O que ocorre nesse caso é que as toxinas incomuns ao organismo fazem com que ele babe demais, afim de eliminá-las de alguma forma e sobreviver. Outros sintomas bastante comuns são o vômito e a dificuldade de se mover. A respiração atrapalhada também costuma aparecer;

 

O que fazer quando o seu cachorro está salivando demais?

Se isso está acontecendo com o seu cão é fundamental que você o leve o quanto antes no veterinário. Em alguns casos trata-se de uma questão totalmente resolvível e de fácil solução, mas em outros pode levar o seu animal a morte em pouquíssimo tempo, então agir com prontidão é necessário para prevenir que o pior ocorra!

Não vale a pena ficar em casa esperando que o pior não aconteça, ou que não seja nada demais, porque esse tipo de omissão não costuma resultar nada bom. O que você deve fazer é lutar para que seu bicho se cure seja lá do que for, e para isso quando perceber o cachorro salivando demais leve já ao especialista, porque é a melhor opção possível!


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
    1
    Share

Acompanhe nossas dicas