Você está aqui: Início » Curiosidades » Cachorro mancando

Cachorro mancando

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Existem muitas razões possíveis para um caso de cachorro mancando. Porém, não importa qual seja a causa, mancar é tipicamente uma reação à dor.

Os problemas mais comuns que vemos que causam um cachorro mancando são: uma lesão nos tecidos moles, uma lesão óssea, um tumor ou um ligamento danificado.

Se seu cão está mancando, ele ou ela deve ser visto por um veterinário local sua cidade para determinar a causa e tratamento, e, também, para fornecer o controle da dor.

Alguns cães correm maior risco de problemas com um ou mais membros, podendo se tornar um cachorro mancando. Os fatores de risco incluem obesidade, excesso de nutrição trauma e genética.

O que causa um cachorro mancando?

A obesidade provoca estresse adicional nas articulações, assim como nas pessoas, fazendo com que os cães com excesso de peso tenham maior risco de problemas articulares, incluindo artrite.

– Filhotes de raças grandes devem ser alimentados com um alimento para cachorros especificamente formulado. Sua estrutura esquelética amadurece mais lentamente do que a de outros cães.

– Se eles forem alimentados com um alimento para filhotes que incentiva seus ossos a crescerem muito rápido, eles podem estar propensos a problemas mais tarde na vida.

– O trauma também pode causar claudicação. Um cão que tenha uma lesão na perna está apto a favorecer os casos de cachorro mancando. Algumas lesões também podem causar problemas mais tarde na vida.

– Uma articulação lesada pode ter maior probabilidade de desenvolver artrite do que outras articulações não lesadas.

  • A genética também pode desempenhar um papel no cachorro mancando.
  • Por exemplo, algumas raças de cães estão predispostas à displasia da anca. Combinar dois ou mais desses fatores aumentará o risco.

– Cães que sofreram uma lesão em um membro podem mancar. Em alguns casos, o membro pode não suportar o peso e o animal de estimação se segurará a esse membro.

Semelhante aos seres humanos, uma lesão pode variar de uma atração muscular a uma fratura. O diagnóstico fornecerá ao as informações necessárias para recomendar o melhor tratamento.

– Quando o cachorro mancando é causado por doença, ela pode ser neurológica, como um acidente vascular cerebral, uma doença metabólica, câncer ou uma doença infecciosa.

– As doenças transmitidas por carrapatos são exemplos de doenças que podem fazer com que um cão manque. É por isso que é importante fornecer um bom tratamento preventivo para o seu cão.

Obtendo um bom diagnóstico para o seu cachorro mancando

Quando um cão é visto por um veterinário por estar mancando, existem várias ferramentas disponíveis para ajudar no diagnóstico da causa.

– Seu veterinário começará com um exame físico e decidirá quais ferramentas de diagnóstico fornecerão as melhores informações.

  • As informações e diagnósticos serão usados ​​pelo seu veterinário para recomendar opções de tratamento e fornecer controle da dor para o seu cão.

– O tratamento e o manejo da dor podem incluir prescrição de dor e medicação anti-inflamatória, antibióticos, suplementos, repouso, perda de peso, tala ou curativo e fisioterapia ou reabilitação.

– Um diagnóstico precoce de cachorro mancando pode evitar lesões adicionais, tornando o tratamento menos dispendioso.

  • Lembre-se de que mancar é a reação de um cão à dor. É importante iniciar o tratamento apropriado o mais rápido possível.

Se você encontrar o seu cachorro mancando, por favor, marque uma consulta para que seu veterinário possa ajudá-lo a decidir sobre as melhores opções de tratamento.

Causas de um cachorro mancando

Há muitas razões pelas quais um cão pode mancar. Encabeçando a lista estão entorses musculares e tensões. Então, não há necessidade de pânico se o seu cachorro estiver mancando.

– Primeiro, deixe ele descansar um pouco e, se o problema persistir, leve o seu cachorro ao veterinário.

  • O trauma é outro grande problema e, em caso de filhotes, como os ossos jovens são moles, isso pode significar fraturas.
  • Se a perna do cão estiver em um ângulo estranho ou não tiver peso, procure uma consulta urgente.

– É possível ter uma claudicação generalizada ou inconstante (mancar em mais de uma perna) se o problema estiver relacionado a uma má nutrição (osteodistrofia nutricional).

– Isso pode ser o resultado de uma dieta integral ou de uma dieta de baixa qualidade e sem minerais.

– Outra causa de cachorro mancando não específica é a panosteíte. Isto é equivalente a “dores de crescimento” e afeta os ossos longos de certas raças, notavelmente pastores alemães.

  • O tratamento é simples e causa alívio da dor, e os sintomas geralmente desaparecem quando o cão termina de crescer.

Hereditariedade

Seguindo em frente, temos algumas condições herdadas, em que a genética do cão pai aumenta as chances do cachorro ter o problema. Exemplos disso são:

– Joelheiras vacilantes: As patelas de luxação são comuns em raças pequenas e “travam” o joelho na posição errada, dificultando o passo.

– Doença de Legg-Calvé-Perthes: afeta a articulação do quadril (geralmente apenas de um lado) de raças pequenas.

  • O suprimento de sangue para o crescente osso do quadril fecha cedo demais, fazendo com que a cabeça do osso da coxa desmorone e se desintegre.

– Displasia da anca: A articulação da anca deve encaixar na cavidade para permitir movimentos suaves.

  • Cães com displasia da anca têm quadris disformes que causam fricção, dor e inflamação a cada passo.

– Displasia do cotovelo: semelhante à displasia do quadril, as peculiaridades anatômicas da displasia do cotovelo afetam diferentes ossos – o que significa um conjunto diferente de problemas.

– Crescimento assimétrico: Para um membro ser reto e sólido, todos os ossos precisam crescer na mesma proporção.

  • Se um osso cresce mais rapidamente, isso leva ao arqueamento do membro e claudicação.

Conclusão

Ter um cachorro mancando é uma situação que pode ser advinda de uma série de condições. Assim sendo, apostar em conhecer cada uma delas mais a fundo é uma excelente forma de se prevenir e saber lidar com essa situação.

Tenha sempre um veterinário ao lado para fazer perguntas pontuais sobre cachorro mancando e não deixe de ter acompanhamento ao cuidar do seu! Boa sorte!

 


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas