Início » Raças de Cachorros » Bouvier de Flandres: Saiba tudo sobre a raça

Bouvier de Flandres: Saiba tudo sobre a raça

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

O Bouvier de Flandres, também chamado em alguns países de língua portuguesa de Boiadeiro de Flandres, é um cão desenvolvido com o intuito de ser um cão de fazenda versátil e capaz de ajudar os camponeses em uma grande variedade de tarefas.

Bouvier-de-Flandres

Entre suas responsabilidades conjuntas, estava pastorear animais, principalmente o gado, fazer guarda e alerta, além de puxar pequenas carroças de suprimentos. Este é um cão preparado para trabalhos brutos ou complexos e atua muito bem tanto na vida rural quanto em tarefas urbanas.

Por isso, o Bouvier de Flandres é um cão utilizado para assistência de mobilidade, cão policial e cão de guarda, assim como é, em muitos lares, o companheiro de toda a família – que é uma atividade que ele desempenha com primor.

Características

O Bouvier de Flandres é um animal grande e pesado. São cerca de 60 a 70 centímetros de altura e um peso médio que costuma variar entre trinta e quarenta quilogramas. São cães pastores, robustos e inteligentes, com uma pelagem bastante resistente.

Sua força, resistência e vigor fazem este cão ser um aventureiro completo e poderoso. Ele foi desenvolvido para aguentar o trabalho duro do campo, mas se adapta muito bem à vida em família, sentindo-se ótimo perto das pessoas que ama.

Apesar do tamanho, é um cão que se adapta muito bem a crianças, pois costuma ser tranquilo e inteligente, e tem um instinto essencialmente protetor. Raramente é agressivo, até mesmo com pessoas desconhecidas, desde que tenha recebido a socialização apropriada durante seu treinamento.

Personalidade

Destemido e confiante, o Bouvier de Flandres possui uma personalidade bastante única. Ele convive muito bem dentro de casa, desde que possam gastar sua energia com exercícios fortes no exterior ao longo do dia.

É um cão muito inteligente, que aprende com facilidade. Embora seja uma característica essencialmente positiva, isso o torna bastante teimoso e, em adição à sua autoconfiança elevada, esta raça pode ser difícil de controlar, caso o dono não demonstre ser uma forte liderança.

Bouvier-de-Flandres-1

Sua natureza desbravadora e cativante, junto ao seu apego aos donos e seus pelos desgrenhados, torna o convívio com o Bouvier de Flandres extremamente divertido – e, em certo ponto, um pesadelo em potencial para quem é muito elegante: é inevitável que os pelos deste cão recolham todo o tipo de sujeira presente nas ruas.

História

Como o próprio nome sugere, o Bouvier de Flandres vem da região europeia de Flandres, e seu nome significa exatamente aquilo que a tradução utilizada em Portugal para a raça quer dizer: boiadeiro de Flandres.

Embora o nome já estabeleça uma função específica, este cão sempre teve a forte característica da versatilidade nas fazendas. Ele é a evolução genética de outros cães pastores, especialmente no que diz respeito ao temperamento e à rigidez de sociabilidade que algumas raças mais antigas possuíam.

Durante as duas Guerras Mundiais, os EUA utilizaram este cão para diversas finalidades, como passar mensagens, carregar e identificar munição e minas terrestres, sentinela e cão de busca, em função da grande quantidade de tarefas que ele é capaz de realizar.

Cuidados e saúde

O Bouvier de Flandres exige uma grande quantidade de cuidados com seus pelos, e pode ser um cão caro e trabalhoso para seus donos. Por isso, é importante que os futuros donos certifiquem-se de que terão condições de criar este cão adequadamente.

É importante oferecer, também, condições para que esta raça pratique seus exercícios de maneira adequada, sem correr o risco de entediar-se. Um Bouvier estressado e entediado pode adoecer rapidamente, e tornar-se um cão muito instável e difícl de manter.

Estes cães crescem rapidamente, e é importante que os donos marquem o acompanhamento veterinário apropriado, para identificar desde cedo se houver alguma condição irregular com a saúde deste animal, pois ele pode comprometer-se seriamente por todo o resto da vida, por problemas nas juntas.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas