Você está aqui: Início » Raças de Cachorros » Basenji: uma das raças mais antigas de cachorro!
Basenji

Basenji: uma das raças mais antigas de cachorro!

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Segundo estudos, os cachorros foram domesticados há mais de 500 mil anos. Isso quer dizer que essa relação entre homem e cão é muito antiga. E o Basenji é uma das raças mais primitivas, e que até hoje está no convívio humano.

Essa raça tem origem africana, mais especificamente no Congo. Os cachorros viviam entre os pigmeus, e tinham uma função caçadora nas tribos.  O início da raça fora dos perímetros africanos, no entanto, só aconteceu por volta de 1930, quando alguns exemplares desse cachorro foram levados para a Inglaterra.

Veja também – 4 raças de cachorro que foram extintas

Outras tentativas foram feitas anteriormente, mas os animais eram acometidos por doenças graves, e não chegavam ao destino – lembrando que as viagens eram feitas de navio, e podiam durar meses.

Hoje esse animal existe em diversos países, mas ainda não é uma raça muito conhecida. Nesse artigo vamos falar um pouco sobre o Basenji, seu comportamento e maiores detalhes sobre o animal.

Basenji: o cão caçador que não precisa mais caçar!

A veia caçadora do Basenji continua evidente. Apesar de ser um animal que convive muito bem com humanos, ele pode ter certa relutância em estar com outros animais.

Muitos estudiosos concordam que esse cachorro tem um comportamento considerado bem peculiar. A primeira coisa que você precisa saber sobre ele é que ele está sempre em alerta!

É uma raça extremamente curiosa, e que está sempre prestes a rastrear alguma coisa. E justamente por esse comportamento desconfiado, ele não gosta muito de receber visitas, e pode ser agressivo com estranhos.

No entanto, como todo bom cão de caça, o Basenji costuma criar um vínculo muito forte com o seu tutor. Quando ele mora em uma casa com muitas pessoas, o mais comum é que eleja uma pessoa para criar esse afeto maior.

Basenji filhote

É normal perceber que ele as vezes fica mais afastado. Isso não significa que o animal não gosta de você. É apenas parte do comportamento dele.

O eleito como melhor amigo provavelmente será aquela pessoa que oferece cuidados, como alimentar e passear com o Basenji.

Ele pode conviver com crianças?

Essa raça não chega a ser agressiva, no entanto, esses cães costumam não ter muita paciência com crianças menores. Essa relação deve ser monitorada pelos adultos, enquanto crianças mais velhas, e menos ativas podem se dar muito bem com o animal.

Casa ou apartamento?

Também é possível adaptar o cachorro a todos os ambientes, seja em casa ou apartamento. Mas é muito importante passear com ele frequentemente, garantindo assim que o animal extravase e gaste energia.

O Basenji é mudo: mito ou verdade?

Uma das maiores curiosidades a respeito dessa raça é que esses animais não latem! Mas calma: o Basenji não é mudo! Ele emite apenas um ruído, bem diferentes do que conhecemos como latido.

Esse fator também faz com que seja muito escolhido para viver em apartamentos, já que ele não incomoda as pessoas ao redor.

Essas vocalizações que ele emite são bem parecidas com um uivo de lobo. Mas mesmo elas são pouco frequentes, garantindo que o Basenji seja classificado como um animal silencioso.

Se você não passa muito tempo em casa, essa é a raça mais adequada!

Os cachorros são animais altamente sociáveis. Por isso mesmo, tendem a sofrer horrores quando passam muito tempo (ou apenas algumas horas…) longe de seus tutores.

Veja também – Malamute do Alasca: personalidade, cuidados e fotos da raça

Mas nesse caso o drama é bem menor. O Basenji tem como uma de suas características mais icônicas o afastamento. Ele é um cachorro que pode ficar bastante tempo sem se aproximar das pessoas. E por isso mesmo também não sofre muito quando fica sozinho.

É claro que você não vai deixar o seu animal abandonado em casa, e precisa dar a ele todo o cuidado do mundo. Mas se precisar sair por algumas horas, provavelmente não terá de lidar com uma grande ansiedade quando retornar.

E os pelos?

A pelagem é curta, não dá trabalho algum para manter, e a queda é sazonal. Isso quer dizer que quem tem um cachorro Basenji não tende a encontrar a casa cheia de pelos por todos os lados.

É verdade que ele anda sobre duas patas?

Se você pesquisar sobre essa raça, poderá encontrar alguns vídeos bem curiosos que mostram o Basenji se equilibrando durante longos períodos apenas em duas patas.

Veja também – Buldogue Francês: personalidade, cuidados e fotos da raça

Isso acontece porque, por ser um animal muito curioso, ele fica em pé para tentar espiar alguns lugares que não estão ao alcance dos olhos. Então, sim, o seu cachorro poderá ficar bastante tempo em duas patas.

Ele gosta de brincar?

Ele é extremamente brincalhão, e você deve dedicar bastante tempo a essas atividades com o seu cachorro. Mas atenção: ele também gosta de perseguir gatos! Se você tem um felino, essa raça não é indicada para convivência.

Características físicas do Basenji

Um cachorro bem cuidado pode chegar a 10 ou 11 quilos em sua fase adulta. O porte é médio, e ele alcança cerca de 43 centímetros de altura.

Assim como acontece com outras raças, existem algumas doenças que são muito comuns nesse cachorro. A começar pela Síndrome de Fanconi, que é um problema renal sério.

Basenji cachorro

Também pode acontecer a atrofia da retina, que prejudica a visão do cachorro, podendo leva-lo a cegueira. Geralmente os quadros são genéticos, e por isso é importante conhecer o histórico dos cães progenitores.

De qualquer forma, leve o seu cachorro em consultas frequentes para ter certeza de que ele está saudável. Diante de qualquer diagnóstico, comece a tratar o animal, garantindo mais saúde e qualidade de vida para ele.

Quanto custa um Basenji?

Um filhote dessa raça pode custar até 3 mil reais. Pode variar para mais ou menos. É importantíssimo que você conheça as condições em que os progenitores se encontram, principalmente a fêmea.

Jamais compre o seu Basenji ou qualquer outro animal em criadores clandestinos ou lojas que não permitem que você conheça a criação dos animais.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas