Você está aqui: Início » Cuidados » Antipulgas para cachorro

Antipulgas para cachorro

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Quando o dono nota que o seu pet possui coceira mais que o normal, ele logo se preocupa com as pulhas. Mas, antes de começar a aplicação do antipulgas para cachorro no animal, é preciso ter certeza de que são realmente pulgas que estão incomodando o seu pet, onde você deve leva-lo ao veterinário.

No entanto, existem algumas formas para que se verifique se existem pulgas perturbando o seu cachorro, em que a maneira mais fácil é visualmente, onde você deve visualizar entre os pelos do seu cão, sendo bem simples perceber se existe algo entre a pelagem.

Além disso, é importante que você saiba que as pulgas podem se reproduzir rapidamente, além de serem difíceis de serem exterminadas do cachorro. Dessa forma, quanto mais rápidas forem descobertas, mais eficiente irá ser o tratamento com a utilização do antipulgas para cachorro adequado.

A escolha do antipulgas para cachorro ideal

Como qualquer outro tipo de problema, um dos melhores caminhos é sempre a prevenção. Assim, nesse sentido, sempre manter a casa, cama e os panos do seu cão sempre limpos já é um bom começo, e conforme o estilo de vida dele, o veterinário pode ainda recomendar o uso de um antipulgas para cachorro ideal.

Geralmente, nos cachorros, a infestação das pulgas são sempre muito grande, porém, elas sempre desovam em ambientes, como na casa do animal, sendo nesse local em que as infestações no pet podem aumentar, onde o sangue irá servir de alimento para pulga, a qual coloca os ovos no ambiente que se encontra.

Por isso, o tratamento antipulgas para cachorro deve sempre ser usado nos pets, porém, além disso, o ambiente que ele se encontra deve ainda ser dedetizado, e caso tal serviço seja realizado por uma empresa, é essencial que o cachorro fique foram da casa por dois dias.

Conheça alguns tratamentos antipulgas para cachorro

  • Pour on: essas são conhecidas como bisnagas pequenas que agem após quatro dias depois da primeira aplicação, podendo ser utilizadas em cachorros a partir de quatro semanas de idade e de qualquer raça.

Além disso, elas também podem ser usadas em fêmeas que estão grávidas, porém, é recomendado o uso após duas semanas após o parto ou então seis dias antes.

Esse tipo de remédio deve normalmente ser aplicado sobre as costas do cachorro e de preferência na nuca, o qual é um local em que o pet não consegue se lamber.

  • Pomadas antipulgas: essas podem demorar para difundir-se pelo corpo do pet, e com isso, o resultado desses medicamentos demoram aproximadamente dois dias para fazer efeito, onde se deve aplicar sempre todos os meses.

Por demorarem para se espalhar, caso a infestação seja grande demais, é mais indicado que se use os shampoos antipulgas antes de aplicar a pomada.

  • Spray antipulgas: já para esse uso é preciso que espirre o produto no sentido inverso do crescimento dos pelos, além ainda da necessidade de molhar todo o corpo com o medicamento, onde alguns possuem uma ação imediata, porém, outros demoram um pouco mais para acabar com as pulgas.
  • Coleiras antipulgas: uma das vantagens dessa coleira é a sua durabilidade, onde a sua reaplicação deve ser realizada somente após alguns meses, além de serem indicadas para pets que vivem em locais que são mais abertos.

Devido a enorme concentração de medicação em um só local, pois muitas vezes pode acabar irritando a pele do cachorro, o que torna necessário a consulta no médico veterinário para o uso.

  • Sabonetes e shampoos antipulgas: esses devem sempre serem ensaboados por alguns minutos antes de enxaguar, e o resultado é sempre imediato, sendo uma das opções mais escolhidas em situações de infestações.

Além disso, os talcos antipulgas podem ser usados para o combate das pulgas, podendo ser empoados e friccionados na pele com o auxílio de uma escova para cães, e removido após algumas horas.

  • Comprimidos: nesse caso são eliminadas as pulgas algumas horas depois, onde se protege o cachorro alguns dias após o uso do medicamento e o seu efeito só começa após seis horas, podendo ser utilizado em situações de amplas invasões.

Matando as pulgas no ambiente

Existem certos antipulgas para cachorro que podem agir ainda no local conforme o animal descama, mas, a atuação nessa situação é bem pequena, em que no mercado pode-se encontrar produtos que são próprios para serem utilizados no ambiente e que podem ser aplicados pelo dono do cachorro.

No entanto, em situações mais extremas, o mais ideal é a contratação de uma empresa de dedetização para poder combater o problema de forma rápida, onde se deve ter muita atenção ainda aos tecidos, se a casa apresenta carpete, tapetes ou a cama do cão é de tecido, pois as chances das pulgas estarem ali são bem maiores.

Sendo assim, procure lavar com frequência as roupas e a cama do seu cachorro, além de limpar os pisos frios usando álcool, o que ocasiona na morte das pulgas.

Além disso, o tratamento do seu cão deve sempre ser prioridade, pois acabar com as pulgas adultas que se alimentam nele fará com que o número de ovos seja menor.

Cuidados ao usar antipulgas para cachorro

Se o seu cão apresentar lesões por conta da coceira que está sentindo ou então possua outro problema na pele, procure por um veterinário antes da aplicação de qualquer tipo de produto antipulgas para cachorro.

Provavelmente, além do antipulga, o veterinário deve ainda prescrever o uso de um vermífugo em caso de infestações, pois as pulgas costumam sempre passar para o animal vermes que podem causar doenças.

Portanto, procure evitar apenas tratar o seu pet em casos de infestação de pulgas, pois o cuidado com o ambiente e a utilizado de produtos antipulgas para cachorro necessitam serem contínuos na intenção de se evitar a doença.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas