Você está aqui: Início » Doenças » Anorexia canina: sausas, sintomas e tratamento
Anorexia canina

Anorexia canina: sausas, sintomas e tratamento

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Caso o seu cachorro esteja se recusando em se alimentar, provavelmente ele tem o que é conhecido como anorexia canina, onde ela pode envolver fatores psicológicos, como a ansiedade de separação, medo ou agitação. Porém, na maior parte dos casos estão relacionadas a fatores patológicos ou fisiológicos.

Sendo assim, quando algo não está normal com o organismo do seu cachorro, isso pode acabar fazendo com que ele não queira ou até mesmo não consiga se alimentar, mesmo estando com fome.

Veja também – Vitaminas para engordar cachorro: benefícios e como usar

Já em relação aos seres humanos, a anorexia canina por si só, já representa uma doença em situações específicas, porém, para animais, ela é considerada sempre como um quadro clínico, sinalizando que algum tipo de problema está acontecendo.

Saiba mais sobre a anorexia canina

Para que a anorexia canina seja tratada, é preciso que você procure ter o conhecimento do que está levando o seu cachorro a apresentar algum sinal, ou seja, qual é a doença ou a condição de que ele não está conseguindo comer.

Um dos maiores problemas da anorexia canina é quando ela se torna persistente por períodos bem mais prolongados, normalmente por conta de a causa subjacente não poder ser excluída e por diversos motivos.

Assim, quando o cachorro ficar períodos longos sem comer, o seu organismo se enfraquece de uma forma que as chances de recuperação começam a reduzir, e é nesse momento que o veterinário, juntamente com você, deverá intervir.

Qual o motivo dos cachorros não quererem se alimentar?

Geralmente há duas situações para justificar o motivo do cachorro não querer se alimentar, onde a primeira é simplesmente pelo fato dele não ter apetite por alguma coisa em específico.

E a segunda, é por ele não estar se alimentando por não estar conseguindo tanto por um problema na boca ou por dificuldade de engolir, mesmo que ainda sinta fome.

Assim, essas duas situações podem receber os nomes de inapetência e de anorexia, onde a anorexia é considerada como mais grave, porém, ambas necessitam de atenção do dono quanto as causas, sinais, tratamentos e as suas prevenções.

O cachorro que não quer se alimentar sempre age dessa forma por inúmeras razões que podem levar ou a inapetência ou a anorexia, e existe uma diferença entre a anorexia e a inapetência.

No caso da anorexia canina, ela ocorre quando o cachorro não se alimenta de forma alguma e, geralmente, nem bebe água. Já a inapetência é somente uma redução da ingestão dos alimentos.

Principais causas da inapetência

Quanto as causas da inapetência, ela ocorre com alguns cachorros que comem sempre a mesma ração e por muito tempo, e também, por aquele que estão acostumados a comer comidas que são mais palatáveis, como as comidas de seres humanos, no caso de frango e carne.

Com isso, em outras palavras, a inapetência é considerada mais como uma consequência das atitudes do dono do cachorro do que uma doença do cão, em que nem sempre o cachorro que não está se alimentando e reduz o apetite, quer dizer que se encontra com inapetência, pois ele pode estar começando a ter um anorexia por inapetência.

Principais causas da anorexia canina

No caso da anorexia canina, esse tipo de situação é bem mais grave, pois o cão doente já não ingere nem mais líquidos e, por isso, ocorre uma desidratação de maneira rápida, sendo bem mais perigosa quando ocorre em filhotes e nos cachorros idosos, sendo essas épocas delicadas na vida de um cão em relação a sua saúde.

Mas, as principais causas da anorexia canina são doenças virais, como a parvovirose, cinomose e coronavirose, onde tais doenças tem o seu surgimento quando os cães não se encontram com a vacinação atualizada.

Além ainda desses tipos de causas, outros tipos de problemas de saúde podem ocasionar na anorexia em cachorros, como o caso das gastroenterites, onde essas situações são provocadas devido a infecções por bactérias e, normalmente, faz com que o cão tenha vômito e diarreia.

Problemas ainda no fígado e verminose podem fazer com que o cachorro pare de comer, além das intoxicações de uma forma em gerar, as intolerâncias a glúten e a lactose.

Diagnóstico e tratamento da anorexia canina

Para que você descubra o que está acontecendo de errado com o seu cachorro, é preciso que você tenha a opinião de um médico veterinário o mais rápido possível, onde diversas pessoas acabam deixando para procurar ajuda depois que o cão já está muitos dias sem comer.

Com isso, a situação fica bastante complicada, pois é nesse período em que o cachorro pode se encontrar desnutrido e até mesmo desidratado. Além disso, por ser diversas causas que podem se encontrar envolvidas na falta de apetite, é preciso que o veterinário realize exames para descobrir o problema central.

Depois do diagnóstico, a falta de apetite do cachorro é tratada por meio da correção do problema que veio a levar o cão a ter a anorexia. Mas, não existe um tratamento específico que estimule o apetite, somente tratamentos que combatem a causa da condição e, por isso, um diagnóstico com exatidão é fundamental.

Em situações de doenças mais graves, como a parvovirose e cinomose, existem vacinas que podem combater essas viroses e, por isso, que é essencial manter tais vacinas em dia, especialmente quando o cachorro ainda é filhote e o seu sistema imunológico não está totalmente desenvolvido.

Além disso, é extremamente importante realizar o planejamento de uma alimentação equilibrada e saudável para que o cachorro se recupere, com fases de transição no momento da readaptação até que haja uma alimentação normal.

No entanto, em certos casos, é preciso alimentar o cachorro por meio de tubos intravenosos até que ele fique recuperado, além de ter cuidados especiais com a comida, a qual pode ter um sabor adicional ou ingredientes que sejam mais apetitosos, o que podem ser necessários na fase de transição.

Portanto, procure nunca dar qualquer coisa para o seu cachorro se alimentar, pois além de causa alguma doença que leve a anorexia canina, ele ainda pode ter doenças gastrointestinais e viciar o apetite do animal, o que faz com que ele nunca se alimente direito.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nossas dicas